Um terço dos municípios de MT não registrou assassinatos no primeiro semestre

67


Pouco mais de um terço dos municípios de Mato Grosso não tiveram nenhum caso de homicídio no primeiro semestre de 2021. Ao todo são 53 cidades, cerca de 38% de um total de 141, que zeraram ocorrências de assassinato. Todas com população inferior a 21 mil habitantes. 

Em todas as 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (RISPs) de Mato Grosso há cidades que sequer registraram um assassinato. A maior delas é Nova Xavantina (651 km ao Leste de Cuiabá) de 20.944 habitantes, de acordo com estimativa do IBGE. 

A última ação violenta foi de um grupo que queimou um carro da Polícia Civil no município na madrugada de terça-feira (06.07), em retaliação contra as forças policiais que prenderam membros de organização criminosa que atuava na região Araguaia.  Porém, dois dias depois do crime, 12 foram indiciados pela Polícia Civil, mostrando agilidade na atuação.

O prefeito de Nova Xavantina, João Machado Neto (João Bang), disse que o compromisso assumido pelo município com a Segurança Pública da cidade tem feito toda a diferença para os resultados positivos.

Dentre outras contribuições, todo o mês o prefeito destina R$ 3 mil para ser divididos entre Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.  É uma contribuição para a manutenção das unidades. “Acho fundamental trazer a Segurança Pública para dentro do gabinete do prefeito, a gente precisa de polícia 24 horas, é a saída para combatermos a criminalidade”, destacou. 

O delegado de Nova Xavantiva, Raphael Diniz, disse que a repressão imediata também é um dos fatores que repercutiram positivamente nos resultados criminais da cidade. “Temos reforçado os plantões nos fins de semana, colocando o pessoal do expediente em sobreaviso, conseguimos não só ficar sem homicídios, mas como reduzimos os roubos também. Além disso, operação integrada realizada com organização criminosa aqui no Araguaia, também surtiram efeitos na cidade”. 

O comandante da 3ª Companhia de PM de Nova Xavantina, tenente PM Jeorge Augusto Fernandes de Jesus, comentou que a Polícia Militar procura estar mais próxima da população não só no centro urbano, mas também com a realização de patrulhamento rural e fluvial. 

“Fazemos visitas nas propriedades rurais, percorremos também em um barco adaptado para a PM o patrulhamento fluvial no Rio das Mortes. Dentro do município há várias ilhas, praias e estamos sempre atentos no trabalho ostensivo”.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook