Prometer e não cumprir, é pior do que mentir!!!

41

O bairro Tancredo Neves caminha à passos largos, para ser engando da mesma forma que foi o bairro Centro América

CUIABÁ/MT – Da mesma forma que aconteceu com os moradores do bairro Centro América [fundado a partir de uma divisão do bairro Tancredo Neves], os moradores do bairro Tancredo Neves estão prestes ser enganados da mesma forma que foram enganados os moradores do Centro América.

Depois de mais de 35 anos sofrendo nas mãos de presidentes inoperantes e incompetentes, preocupados em trabalhar apenas em beneficio próprio, os moradores do bairro Tancredo Neves vislumbraram nas eleições para presidentes de bairros em outubro de 2019, com a eleição da Chapa vencedora que elegeu a senhora Regina Ferraz para representar o bairro no triênio 2020/2022, a luz no fim do túnel. A chapa eleita teve como mote principal de sua campanha, a promessa de “Bairro Tancredo Neves 100% pavimentado”, que é o maior anseio da metade da população de cerca de 4 mil pessoas do bairro.

Contando com o importante e efetivo apoio do Vereador por Cuiabá, Macrean Santos (PDC) a presidente eleita conseguiu algumas importantes obras para o bairro no ano de 2020. Logo no começo do ano de 2020, a atual gestão da Associação de Moradores de Bairros do Tancredo Neves, conseguiu com também com apoio do Vereador Macrean Santos, a construção de uma ponte de concerto na Rua Bela Vista, ligando nosso bairro ao bairro Morada do Ouro II, o que facilitou e, muito, a vida do pessoal moradores nas divisas com os bairros Novo Mato Grosso e Vila Rosa. Em meados do ano, junho de 2020, para a felicidade geral do bairro recebemos a ótima noticia de que o bairro Tancredo Neves, estava incluso na Concorrência Publica nº 005/2020, que trata da pavimentação de ruas de vários bairros em Cuiabá. O Tancredo Neves, esta no Lote nº 03, dessa concorrência publica. A licitação dessa Concorrência que começou no mês de junho de 2020, segundo informações da Diretoria de Licitações da Prefeitura de Cuiabá, ainda está em fase de análises. Nem as licitações da Arena Pantanal e do VLT demoraram tanto tempo assim. 

A presidência da Associação de Moradores do bairro nas eleições municipais de 2020, lutou feroz e desesperadamente pela reeleição tanto do Vereador Macrean Santos, como do atual prefeito, incutindo nas cabeças dos moradores do bairro, que por causa da promessa de asfaltamento de nosso bairro, tínhamos a obrigação moral [como se esse prefeito, flagrado em vídeo mostrado para o mundo inteiro pelo programa FANTÁSTICO da Rede Globo, derrubando dos bolsos do paletó, maços de dinheiro sujo, tivesse moral para exigir fidelidade de quem que que seja], de reelege-los. Pois bem, o bairro votou, foram poucos votos, mas votamos [se fosse apenas um voto, já teríamos cumprido nossa promessa, mas foram muito mais] e agora estamos sendo enrolados pelo Prefeito de Cuiabá que não autoriza o começo das obras. Enrolação, porque ninguém dá informações concretas a respeitos desse assunto. O vereador Macrean, só diz que o serviço será feito, mas não diz quando, não apresenta nenhum documento oficial confirmando a realização da obra.

Temos motivos para desconfiarmos das intenções do prefeito, pois além da demora em desenrolar o processo licitatório, se é que ainda está mesmo em análise [pelo jeito deve ter apenas uma pessoa analisando os documentos de mais de 20 empresas, porém, no caso do Tancredo Neves, o bairro está sozinho no Lote 03 e poderia muito bem ser analisado e o começo das obras iniciado]. No dia 11 de setembro de 2020, o vereador Macrean esteve no nosso bairro em companhia da Arquiteta e Engenheira Silvia, que substituiu o Engenheiro Wanderlucio Rodrigues na Secretaria de Obras de Cuiabá durante o período de realização da campanha para reeleição do prefeito à Prefeitura de Cuiabá, Na casa da dona Tute, moradora das mais antigas no bairro, eles [tanto o vereador como a secretária de obras na época] garantiram que “em 60 dias, as começam as obras”. 

Passaram os 60 dias e começaram as desculpas: é ano de eleições municipais, só depois que passarem é que poderemos dar inicio nas obras. Realizadas as eleições, reeleitos o vereador e o prefeito e nada de começarem as obras. Com o final do ano vieram as chuvas. Outra desculpas “não podemos começar as obras no período das chuvas”. Nada de começarem as obras. Então o que é que as impede??? APENAS o prefeito querer e, pelo jeito, ele não quer.

Já fomos enganados uma vez, ainda na década de 1990, vieram as verbas e foram feitos todos os procedimentos, alias, como ocorre atualmente e não pavimentaram nada. Todos os moradores antigos, da época da fundação do bairro, dizem que na prefeitura de Cuiabá, o bairro Tancredo Neves consta como 100% pavimentado. Na verdade algumas ruas do bairro foram pavimentadas. A Avenida Projetada, atualmente chamada de Acácia Cuiabana, foi pavimentada na época em foi linha de ônibus, depois em 2011 mais algumas ruas, cinco ou seis, também foram pavimentadas com o Programa Poeira Zero e por fim em 2016 ou 2017, quase todas as ruas do lado direito da Avenida Milton Figueiredo [sentido Centro/Bairro] foram asfaltadas pelo Programa Minha Rua Asfaltada. Desse lado, ficaram faltando quatro ou cinco ruas para pavimentar, enquanto que o lado esquerdo, no mesmo sentido, nemhuma rua teve esse previlégio desde a fundação do bairro Tancredo Neves.

O BAIRRO CENTRO AMÉRICA

No ano de 2009, foi realizada na Secretaria de infra estrutura do Estado de Mato Grosso, uma Concorrência Publica, que pavimentou ruas de vários bairros em Cuiabá, onde algumas ruas do bairro Centro América estavam inclusas. Pois bem, essas obras só começaram no ano de 2011 e, mesmo assim, apenas uma rua, a Rua G. Onde fizeram todo o serviço de encascalhamento, compactação e jogaram a camada de piche [que antecede a pavimentação] e parou aí. Depois já em 2018, nova enganação foram no bairro, fizeram maior festa, encheram os moradores de expectativa e fizeram o lançamento dos serviços de pavimentação, com direito a placas com valor da obra e o tempo que durariam os serviços: 18/04/2018 a 18/04/2019. De novo, fizeram todo o serviço de encascalhamento, compactação e jogaram a camada de piche [que antecede a pavimentação] e, de novo, parou aí. ISSO É UMA VERGONHA!

Comentários Facebook