Policiais civis apresentam experiências positivas em seminário internacional de Polícia Comunitária

38

A Polícia Civil, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária, participou do Seminário Internacional de Polícia Comunitária, realizado na quarta-feira (25.05), no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Cuiabá.

O evento foi promovido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), através da Coordenadoria de Polícia Comunitária em parceria com a Federação dos Conselhos de Segurança (Feconseg) e Assembleia Legislativa.

O seminário reuniu cerca de 300 pessoas, entre profissionais da Segurança Pública do estado, líderes comunitários, sociedade civil organizada, além da participação de representantes da Agência Nacional de Cooperação do Japão e da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Durante o encontro o coordenador de Polícia Comunitária, delegado Jefferson Dias, apresentou as boas práticas executadas pela Polícia Civil, entre elas o projeto “Papo de homem para homem”, que tem como objetivo quebrar o ciclo de violência contra mulher, através de diálogos com o público masculino, que por sua vez tenha cometido a violência contra a mulher.

“Esse tipo de abordagem de cunho preventivo direcionado aos homens, visa combater a prática de crimes em ambiente familiar. A proposta do trabalho social é orientar os homens sobre os dispositivos da lei e conscientizá-los para que possam entender padrões de condutas machistas que levam à violência de várias formas contra suas parceiras”, destacou Jefferson Dias.

Esteve presente no seminário o policial de nacionalidade japonesa e cônsul de Segurança Pública do Consulado do Japão em São Paulo, Yoshiyuki Nakatami, que levou a contemplação do “Sistema Koban” que é um método que fortaleceu as políticas de segurança comunitária do Japão e ainda aproximou a população das forças de segurança.
 

VISITAÇÂO

Durante sua estadia em Mato Grosso, Yoshiyuki Nakatami, conheceu umas das atividades desenvolvidas pelos policiais civis da Polícia Comunitária.

O cônsul do Japão esteve presente no Parque Berneck, em Várzea Grande, onde conheceu 60 crianças e adolescentes do grupo de Capoeira do Instituto Semente Brasil (ISB), atendidas pelo Conseg de Várzea Grande, Feconseg e Delegacia Especializada do Adolescentes de VG.

O mascote “Bom Dog” acompanhou os visitantes, que também assistiram uma apresentação de roda de capoeira conduzida pelo mestre Benedito.

O presidente da Feconseg, Danilo Moraes, as atividades propostas no seminário demonstraram a força que vem da comunidade ao encontro do fortalecimento das políticas públicas de segurança no estado.

“Os Conselhos de Segurança legitimados pela Lei 10.931, somente em 2021 investiu nas forças de segurança mais de 23 milhões contemplando sistemas de monitoramentos, bem como reaparelhamento de unidades policiais com construção e reformas por meio de recursos obtidos com aporte do Ministério Público, Judiciário e inciativa privada”, disse Danilo Moraes.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook