Palmeiras: Tricampeão da Libertadores. Deyverson do banco para herói do título

117

 

Sociedade Esportiva Palmeiras, São Paulo, a dona da América [Foto: Nanda Lajarim]

O milionário time do Flamengo perde título de melhor da América para o Palmeiras

Montevidéu/Uruguai                                                                                      Gazetapress

Para o Palmeiras, a Taça Libertadores é obsessão. E neste sábado (27), o Verdão conquistou seu terceiro título da competição ao vencer o Flamengo por 2 a 1, no estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai. O time Alviverde paulista saiu na frente com gol de Rafael Veiga, logo aos quatro minutos de jogo. O Rubro-Negro carioca empatou com Gabriel Barbosa aos vinte e seis minutos do segundo tempo, levando a partida para a prorrogação. Foi aí, que brilhou a estrela de Deyverson, que aproveitou falha grotesca de Andreas Pereira e marcou o gol do título.

Agora o Palmeiras da parte da seleta lista de clubes brasileiros que possuem três títulos da  Libertadores, ao lado de Santos, Grêmio e São Paulo. Além da taça conquistada ontem (27), o Verdão foi campeão em 2020 [Duas conquistas na mesma temporada]. Uma em janeiro e outra em novembro] e em 1999.

O Palmeiras precisou de apenas quatro minutos para balançar as redes no Centenário. Gomes lançou Mayke pela direita, que avançou e assistiu  Rafael Veiga. O meia bateu firme e venceu Diego Alves. A partir de então, o Verdão se defendeu  e buscou o contra-ataque. Na melhor chance do Flamengo aos 45 minutos iniciais. Arrascaeta bateu de esquerda para defesa de Weverton.

No segundo tempo, o Flamengo passou a rondar a área e chegar com mais com mais frequência, até Gabriel Barbosa deixar tudo igual, aproveitando falha de posicionamento de Weverton. Michael quase virou para os cariocas, mas desperdiçou grande oportunidade. Assim os times chegaram à prorrogação.

Na prorrogação Deyverson apareceu para decidir. O centroavante, que havia entrado ao fim dos noventa minutos no lugar de Rafael Veiga, aproveitou vacilo gigantesco de Andreas Pereira, avançou com a bola dominada e marcou o gol do título.

O JOGO

Logo aos quatro minutos do primeiro tempo da prorrogação, o Palmeiras voltou a marcar no Centenário. Gustavo Gomez lançou Mayke na ponta direita, o lateral e colocou com precisão na entrada da área. Rodrigo Caio desviou de cabeça e quase marcou gol contra.

Rafael Veiga voltou a finalizar, dessa vez carregando a bola pela esquerda e chutando cruzado, nas mãos de Diego Alves. A melhor chance do Flamengo veio com Arrascaeta. Bruno Henrique ajeitou de cabeça para o uruguaio, que dominou e finalizou de esquerda, parando na defesa de Weverton.

Segundo Tempo

O Flamengo quase empatou na metade do segundo tempo. Após escanteio pela direita, William Arão desviou de cabeça e a bola passou muito próxima da trave, com Gabriel Barbosa quase alcançando. O Palmeiras respondeu com Rony, recebendo na intermediária e arriscando de longe. Diego Alves saltou para fazer a defesa no ângulo esquerdo.

Na sequência, o Rubro-Negro bateu falta da intermediária, David Luiz ficou com a bola e tentou por cima de Weverton, porém o goleiro levou a melhor e mandou para escanteio. Depois Andreas bateu escanteio pela esquerda e Bruno Henrique ganhou dos zagueiros, com a bola raspando a trave esquerda.

Rony tentou de bicicleta após cruzamento da direita, mas a bola foi em cima de Diego Alves. Aos vinte e seis minutos, o Flamengo deixa tudo igual. Arrascaeta encontrou Gabriel Barbosa pela esquerda e o camisa 9 finalizou no canto que foi mal protegido por Weverton.

O Rubro-Negro quase virou com Michael, que recebeu belo lançamento de Arrascaeta invadiu a área e finalizou cruzado, à direita do gol, na ultima chance de perigo no primeiro tempo.

A prorrogação

Aos quatro minutos, o Palmeiras voltou a marcar aproveitando grave erro de Andreas Pereira. O meio campista se enrolou com a bola, que ficou oferecida para Deyverson. O centroavante avançou  e levou a melhor sobre Diego Alves, que até tocou com o pé na bola, , mas não evitou o gol.

Jogador do Flamengo, Andreas Pereira que falhou no lance que resultou o gol da vitória do Palmeiras [Crédito Flamengo Seleção]

O Flamengo respondeu, com Gabriel Barbosa que recebeu passe rasteiro de  Arrascaeta e chutou de direita por cima do travessão. No segundo tempo da prorrogação, Danilo Barbosa desperdiçou boa chance finalizando na rede pelo lado de fora. A partir de então, o time carioca não conseguiu superar a solida e eficiente defesa do Palmeiras. Com o apito final o Verdão pode comemorar o tricampeonato da Libertadores.

Comentários Facebook