Pai e filho são presos com armas e munições em investigação de crime de estupro de vulnerável

104


Assessoria | Polícia Civil-MT

Uma investigação da Polícia Civil para apurar um crime de estupro de vulnerável resultou na prisão de pai e filho, e também na apreensão de cinco armas de fogo e diversas munições em uma fazenda no município de Santa Rita do Trivelato (445 km ao norte de Cuiabá).

A ação conjunta da Delegacia de Sorriso e Delegacia Regional de Nova Mutum foi deflagrada para dar cumprimento a um mandado de prisão e de busca e apreensão contra o suspeito de crime de estupro de vulnerável.

As investigações conduzidas pelo Núcleo de Defesa da Mulher e Crimes Sexuais descobriram que o suspeito (pai) do crime de estupro de vulnerável estava alojado na propriedade agrícola arrendada pelo o seu filho, no município de Santa Rita do Trivelato.

Segundo as informações levantadas, no local também havia várias armas de fogo e outros objetos e materiais sem comprovação fiscal. Com base nos investigações, a Polícia Civil representou pelos mandados de prisão do suspeito e de busca e apreensão na propriedade, que foram deferidas pelo juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Sorriso.

Durante as buscas na fazenda, os policiais de Sorriso e de Nova Mutum localizaram quatro armas de fogo de cano longo e um revólver, além de muitas munições de diferentes calibres. 

Diante da situação, pai e filho foram presos em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, além de ser dado cumprimento ao mandado de prisão pelo crime de estupro de vulnerável.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook