Mini estádios abandonados. Gestores não dão a mínima para o dinheiro publico investido

54

Fechado a quase dois anos, devido à pandemia que assola o mundo, o mini estádio do CPA II, José de Oliveira Silva “Bife”, está relegado ao abandono.

CUIABÁ/MT – O descaso com que sempre trataram o dinheiro publico, que os eleitos para representar o povo sempre dão aos interesses de eleitores: Construíram mini estádios em quase todos os campinhos que existiam em Cuiabá, aliás, uma ótima coisa que fizeram, mas os que sucederam os criadores desse projeto, simplesmente não dão a menor importância a eles. DINHEIRO DO POVO JOGADO NO LIXO!!! 

Local que sediou eventos importantes do futebol amador cuiabano durante sua existência, mas que nunca mereceu dos gestores municipais a devida importância, resistem à ação do tempo graças à benevolência de abnegados que não suportam ver o bem publico municipal de deteriorar com a passagem e ação do tempo, buscam meios de garantir-lhes mais algum tempo de sobrevida, caso do mini estádio do CPA II, em que uma entidade sem fins lucrativo [que não quer ser divulgada] fez a recuperação do campo da praça esportiva, mas que pelo fato de estar sem uso a bastante tempo por causa das restrições das regras de combate à pandemia já está tomado de ervas daninhas.

Infelizmente, o poder publico [Federal, Estadual, Municipal] não se preocupa com os bens que possuem, especialmente imóveis, que simplesmente se acabam com as ações do tempo. Várias escolas publicas abandonadas e já caindo aos pedaços [algumas já desmoronaram total ou parcialmente], prédios onde funcionaram órgão do governo, como por exemplo um imóvel situado no antigo bairro Do Mundéo, onde funcionou por muito tempo o Tribunal Regional Eleitoral, casas no centro histórico de Cuiabá casarão onde funcionaram a Casa Orlando e a Livraria Pepe, no bairro do Porto, na região da Igreja do Rosário e de São Benedito [onde havia os famosos Bar Colorido e o Palácio das Águias]. 

Comentários Facebook