VETADA!!! Rússia é suspensa de competições da FIFA e da UEFA

408

 

Zurique                                                                                                          Gazetapress

A FIFA e A UEFA anunciaram na segunda-feira (28), a suspensão das equipes russas de suas competições, tendo em vista os ataques do país na Ucrânia. Desta forma a  Rússia não poderá participar das Eliminatórias para a Copa do Mundo,  e está fora Mundial do Catar, assim como os times russos, serão excluídos dos torneios organizados pela entidade: Liga dos Campeões, Liga Europa e Liga Conferência.

O tema estava sendo discutido internamente e as federações contavam com as pressão pública para que a Federação da Rússia fosse suspensa. Mais cedo, o sindicato mundial dos jogadores profissionais, FIFPro, divulgou um comunicado oficial pedindo a suspensão.

A decisão resulta  também na exclusão da seleção feminina russa da Eurocopa, em julho, na Inglaterra, onde teria que enfrentar Holanda, Suécia e Suíça, durante a fase de grupos.

Outro afetado será o Spartak Moscou, que disputaria as oitavas de final da Liga Europa, contra o RB Leipzig. As federações ainda não divulgaram o que será na sequencia dos campeonatos. 

Logo após ter comunicado a decisão a Uefa anunciou também o fim da parceria com a empresa Gazprom, empresa russa de energia e exportadora de gás natural.

Confira o comunicado divulgado pela UEFA e pela FIFA

Na sequencia das análises iniciais adotadas pelo Conselho da Fifa e pelo Comitê Executivo da Uefa, que previa a adoção de medidas adicionais, a Fifa e a Uefa decidiram hoje em conjunto que todas as equipes russas, quer sejam equipes representativas nacionais ou equipes de clubes, serão suspensas da participações da FIFA e da UEFA até novo aviso.

Estas decisões foram adotadas pelo Bureau do Conselho da FIFA e pelo Comitê Executivo da UEFA, respectivamente, os mais altos órgãos de decisões de ambas as instituições sobre assuntos tão urgentes.

O futebol está totalmente unido aqui, em total solidariedade com todas as pessoas afetadas na Ucrânia. Ambos os presidentes esperam que a situação na Ucrânia melhore significativa e rapidamente para que o futebol possa voltar a ser um vetor de unidade e paz entre os povos

Comentários Facebook