Vasco notifica clube chinês para receber por transação de Alan Kardec

627
Alan Kardec chegada Chongqing Lifan (Foto: Sina.com)Alan Kardec é festejado na chegada ao Chongqing Lifan, da China (Foto: Sina.com)

Na briga para manter as contas em dia, o Vasco espera contar
em breve com um reforço nos cofres. O clube aprontou a documentação e notificou
o Chongqing Lifan, da China, para receber parte do valor referente à compra do
atacante Alan Kardec ao São Paulo. Revelado em São Januário, o centroavante
deve render 175 mil euros (cerca de R$ 640 mil, na cotação atual) ao
Cruz-Maltino.

Kardec foi vendido pelo São Paulo ao clube chinês por 5
milhões de euros. Pelas regras do mecanismo de solidariedade elaborado pela
Fifa, o Vasco tem direito a 3,5% do valor da negociação, pois o atacante foi
formado no Cruz-Maltino dos 12 aos 20 anos.

O valor é calculado da seguinte maneira: no mecanismo da Fifa, a idade de formação vai de 12 aos 23 anos de idade. De 12 até 15 anos, o clube recebe 0,25% da compensação total. De 16 aos 23 anos, 0,5%.

A expectativa é de que o dinheiro não demore a chegar a São
Januário, mas a diretoria prefere não fazer uma estimativa. Kardec foi vendido
no fim de julho.

Esta é a segunda vez no ano que o Vasco recebe pela venda de
uma de suas revelações. No início do ano, o clube ganhou 1,75 milhão de euros (cerca de R$ 6,3 milhões) com a ida de Alex Teixeira para o Jiangsu Suning, também da China. O dinheiro foi utilizado, entre outras coisas, para pagar a dívida do Cruz-Maltino com o
Benfica, pela compra de Eder Luis. 

No orçamento para 2016, o Vasco previa receitas com o mecanismo de solidariedade na ordem de R$ 9,5 milhões. Além de Alex Teixeira, Philippe Coutinho era outra aposta do clube, mas o meia deve continuar no Liverpool.

Comentários Facebook