Segurança que matou mulher em condomínio de MT é preso

124

Homem fez mais de 10 disparos em direção à vítima; ele foi preso na região central de Rondonópolis

Jad Laranjeira l Midia News

A Polícia Militar de Rondonópolis (a 220 km de Cuiabá) prendeu, na madrugada desta quinta-feira (26), o segurança Bruno de Lima Pereira, de 27 anos, acusado de matar à queima-roupa a sua colega de trabalho, Renecléia Aparecida Bispo, de 41 anos.

O crime aconteceu dentro de um condomínio de luxo e o atirador havia fugido em direção a uma mata fechada. A vítima trabalha como porteira no local.

Bruno foi preso por volta das 3h, quando caminhava na região central da cidade. Ao ser abordado, ele contou que estava indo para a casa de sua mãe.

Ele foi encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis e deve ser ouvido ainda nesta quinta-feira.

Reprodução/Montagem

renecleia
Renecléia  foi  morta  a  tiros dentro  de  condomínio  de  luxo,  em Rondonópolis.

O homicídio

Os dois trabalhavam no mesmo turno antes do crime. Testemunhas contaram que Bruno chegou em uma motocicleta na portaria, sacou a arma e atirou contra a vítima.

Há a informação de que foram disparados mais de 10 tiros contra a mulher.

Renecléia chegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital Regional da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após os tiros, o segurança fugiu em alta velocidade pela MT-270 e acabou sofrendo um acidente, caindo da moto. No entanto, ele logo se levantou e entrou em uma mata fechada.

Comentários Facebook