Saída de Jean reduz alternativas para setor deficitário do Paraná Clube

548
Volante Jean Paraná Clube (Foto: Fernando Freire)Volante era titular absoluto de Martelotte e saída abre vaga (Foto: Fernando Freire)

A saída de Jean para o Corinthians aumentou os problemas do
Paraná Clube para o setor de meio de campo. O volante era titular da equipe de
Marcelo Martelotte, que agora vê as suas possibilidades se reduziram a poucos nomes e com algumas improvisações. Jean já foi confirmado pela equipe
paulista e o presidente do Paraná, Leonardo Oliveira, disse que não há previsão de
contratação.

O Tricolor tem agora os volantes Claudevan, Anderson Uchôa e
Lucas Otávio, além do garoto Jhony, que foi relacionado pela primeira vez na
derrota de 2 a 0 para o Brasil de Pelotas. Na partida, o treinador ainda
adaptou o meia Murilo Rangel para jogar ao lado de Uchôa no lugar de Jean, que estava suspenso pelo terceiro
amarelo. 

No último treino aberto do Paraná, na terça-feira,
Martelotte mudou as características voltando com Uchôa, mas escolhendo Claudevan
para fazer parte da dupla volantes. No meio, Murilo Rangel jogou mais próximo do
ataque em substituição ao meia Valber, que retornou de lesão, mas ainda se
adapta aos treinos com bola. 

Com poucas alternativas, Martelotte ainda demonstra pouca
vontade de utilizar o volante Lucas Otávio, que voltou ao Paraná neste ano
depois de uma passagem em 2014 pela Série B. O volante foi um pedido do técnico
Claudinei Oliveira, que o trouxe ainda na primeira vez que comandou o tricolor.
Segundo a assessoria de imprensa do clube, na última semana, o volante estava
gripado, não pode treinar por dois dias e, por isso, não foi relacionado.

Leia também

Confira a tabela da Série B
Martelotte testa novo zagueiro na lateral
Jogadores pedem postura diferente no Paraná

A negociação do volante Jean deve render cerca de R$ 600 mil
ao Paraná pela rescisão do contrato, que tinha vigência até 2017. No acordo com
o Corinthians, o Paraná venceu 30% dos direitos econômicos do jogador e ficou
com outros 20% para negociações futuras. O restante dos direitos econômicos
sobre o jogador não pertenciam ao clube. 

O presidente não confirma os valores, mas já adianta que o
dinheiro não será utilizado para a contratação de mais jogadores. Em entrevista
para a rádio Banda B, Leonardo Oliveira disse que existem atletas no elenco
para suprir a ausência.

A reportagem do GloboEsporte.com tentou falar com o presidente Leonardo Oliveira, mas foi informado pela assessoria de imprensa do clube que ele está em viagem. 

Confira mais notícias do esporte paranaense no globoesporte.com/parana

Comentários Facebook