Rodamos com o Mercedes-Benz Actros, um pesadão com tecnologia de carro esportivo

9

Dirigir um caminhão, bi-trem, com 60 toneladas de carga, não tem muita diferença do que pilotar um automóvel super-esportivo. É isso mesmo ! Fizemos um test-drive por rodovias da baixada santista com um Mercedes-Benz Actros, o maior caminhão da marca feito no Brasil, carregado.

LEIA MAIS: Lifan X80: você pagaria R$ 130 mil por um carro chinês?

A tecnologia do Mercedes-Benz Actros é praticamente a mesma de um automóvel de 1 milhão de reais, só que custa a metade do preço. Assistência ao motorista, assistência em rampa, câmbio automático de 12 marchas e até banguela eletrônica.

Saímos da fábrica da Mercedes, em São Bernardo do Campo, e descemos a antiga rodovia do mar em direção a baixada santista. Uma estrada turística por onde passam muitos ciclistas, mas com o comando de assistência de distância acionado, o caminhão, totalmente carregado, obedeceu a velocidade das bicicletas que estavam a frente, cerca de 25 km por hora.

Tecnologia

A tecnologia do Mercedes Actros não está apenas no seu conjunto de tração, mas também em sua cabine, oferecendo conforto total ao motorista. Somente o banco tem 12 regulagens eletrônicas e não transfere ao condutor os solavancos que um caminhão deste tamanho tem.

O freio também é eletrônico, segurando as rodas de trás para a frente, desde o último eixo do último reboque. Com isso evita o famoso “L”que causam muitos acidentes em caminhões nas frenagens repentinas.

LEIA MAIS: Audi Q8 será uma das atrações no Salão do Automóvel, em novembro

O assistente em rampa, comum em carros de passeio, é muito poderoso. Segura o pesadão em um aclive até que o motorista acione o acelerador e o caminhão saia do lugar. A banguela eletrônica e outro componente importante. Em uma descida o motorista regula e velocidade e não precisa fazer mais nada. Nem pisar no freio ou no acelerador. O sistema faz tudo sozinho. Além disso a cabine tem uma confortável cama, geladeira, televisão digital e ar condicionado.

E as vendas desses caminhões extrapesados voltaram a crescer no Brasil,  notadamente na região Sul, devido a safra. O aumento foi de 220% no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Até o mês de maio foram emplacados 700 caminhões extrapesados no Sul, sendo 490 da família Actros.

LEIA MAIS: Toyota Yaris é a aposta da montadora. Peca em detalhes, mas tem a sua solidez

O transporte rodoviário por longas distâncias demanda um caminhão que ofereça excelente desempenho, economia de combustível e alto nível de conforto e segurança. O Actros 2651 oferece tudo isso e mais: é referência em sistemas de prevenção de acidentes.

Pesadão


Mercedes-Benz Actros
Divulgação

Mercedes-Benz Actros

Com capacidade máxima de tração de 80 toneladas, seu cavalo mecânico extrapesado 6×4 oferece economia para uma operação mais rentável e alto nível de conforto durante a jornada de trabalho e nas horas de descanso. O modelo é oferecido nas versões Estradeiro e Multiuso, e tem capacidade para tracionar combinações de 7 ou 9 eixos, com PBTC de até 74 toneladas, nos mais variados tipos de carroceria.

Ele vem equipado com trem-de-força Mercedes-Benz. O motor BlueTec 5 de 13 litros, 6 cilindros em linha é oferecido com 510 cv, assegurando ótimo desempenho para rodar em qualquer estrada do Brasil. Em conjunto com a transmissão automatizada de 12 marchas, proporciona perfeita sincronia e rendimento do trem-de-força, aliando robustez e desempenho à economia de combustível.

A versão Estradeiro é equipada com eixos traseiros sem redução nos cubos, caracterizando um trem-de-força focado na economia de combustível. Já a versão Multiuso do Mercedes-Benz Actros é equipada com eixos traseiros com redução nos cubos, privilegiando um conjunto ainda mais robusto para as operações mais exigentes em termos de tração. Ainda é possível escolher entre suspensão a ar ou metálica, de acordo com a atividade e aplicação.

Comentários Facebook