Racismo existirá sempre, enquanto não for aplicada a Lei de Talião

253

Olho por olho, dente por dente e… Vida por vida! Enquanto não for assim, sempre existirão pessoas como esse policial assassino

Por favor… Não Consigo Respirar

“Assistir a esse Policial sufocar George Floyd com o joelho no pescoço dele, algemado e indefeso, gritando por sua vida, com o rosto no chão, é a coisa mais repugnante e comovente que eu vi em muito tempo. Esse policial sabia que estava sendo filmado e mesmo assim assassinou [George Floyd] com arrogância e orgulho.Isso tem de parar! Até que nós consigamos superar o Racismo na América, ninguém deveria poder portar uma arma na rua. Acima de tudo policiais.

Deus abençoe vc, George Floyd. Lamento muito por vc e pela sua família. E por todos os assassinatos sem sentido que aconteceram antes de você. Será que isso vai terminar? Eu rezo a DEUS que acabe um dia. Até lá, foda-se a Polícia!

É, eu disse isso. Eu não estou interessada em ser politicamente correta. Estou interessada em Justiça.”  

“Por favor…Não Consigo Respirar” “Assistir a esse Policial sufocar George Floyd com o joelho no pescoço dele, algemado e indefeso, gritando por sua vida, com o rosto no chão, é a coisa mais repugnante e comovente que eu vi em muito tempo. Esse policial sabia que estava sendo filmado e mesmo assim assassinou [George Floyd] com arrogância e orgulho.Isso tem de parar! Até que nós consigamos superar o Racismo na América, ninguém deveria poder portar uma arma na rua. Acima de tudo policiais.Deus abençoe vc, George Floyd. Lamento muito por vc e pela sua família. E por todos os assassinatos sem sentido que aconteceram antes de vc. Será que isso vai terminar? Eu rezo a DEUS que acabe um dia.Até lá, foda-se a Polícia!É, eu disse isso. Eu não estou interessada em ser politicamente correta. Estou interessada em Justiça.”Assim que @madonna protestou, nas redes sociais, contra o assassinato, nesta segunda-feira (25/5) de George Floyd, negro, cerca de 46 anos, por um policial de Minnesota, quando já estava rendido, algemado, indefeso.Floyd havia sido detido por suspeita de tentar passar um cheque frio em uma loja. Foi algemado, jogado no chão, torturado e morto por um policial monstruoso resolveu posar para os celulares que filmavam a ação como se fosse um caçador sobre sua presa caída.A cena nauseante termina com a chegada de uma ambulância. O policial retira seu joelho e o corpo de Floyd, já sem qualquer sinal de vida, é colocado numa maca.Em 2014, Eric Garner, morreu ao ser detido em Staten Island, Nova York. No momento da detenção, o homem queixou-se repetidamente, por 11 vezes: “Não consigo respirar”, enquanto um agente da polícia o estrangulava.Segundo a polícia de Minnesota, Floyd morreu em decorrência de um “incidente médico”, durante uma “interação com a polícia”. Nenhuma palavra sobre o joelho do policial, sobre asfixia, sobre a tortura e o desespero de Floyd. Os policiais envolvidos na ação foram demitidos sumariamente.Hoje, centenas de manifestantes protestaram contra mais esse assassinato de um homem negro. #georgefloyd #justice #guncontrol#Justiça #ControleDeArmas #vidasnegras #vidasnegrasimportam

Posted by Jornalistas Livres on Tuesday, May 26, 2020

Foi assim que @madonna protestou, nas redes sociais, contra o assassinato, nesta segunda-feira (25/05) de George Floyd, negro, cerca de 46 anos, por um policial de Minnesota, quando já estava rendido, algemado, indefeso.

Floyd havia sido detido por suspeita de tentar passar um cheque frio em uma loja. Foi algemado, jogado no chão, torturado e morto por um policial monstruoso que resolveu posar para os celulares que filmavam a ação, como se fosse um caçador sobre sua presa caída.

A cena nauseante termina com a chegada de uma ambulância. O policial retira seu joelho e o corpo de Floyd, já sem qualquer sinal de vida, é colocado numa maca.

Em 2014, Eric Garner, morreu ao ser detido em Staten Island, Nova York. No momento da detenção, o homem queixou-se repetidamente, por 11 vezes: “Não consigo respirar”, enquanto um agente da polícia o estrangulava.

Segundo a polícia de Minnesota, Floyd morreu em decorrência de um “incidente médico”, durante uma “interação com a polícia”. Nenhuma palavra sobre o joelho do policial, sobre asfixia, sobre a tortura e o desespero de Floyd. Os policiais envolvidos na ação foram demitidos sumariamente. Hoje, centenas de manifestantes protestaram contra mais esse assassinato de um homem negro.

Texto: Jornalistas Livres

Comentários Facebook