Procurado pela Justiça de MT há 34 anos é preso pela Polícia Civil no Pará

37

O autor de um homicídio ocorrido há 34 anos, no município de São Félix do Araguaia (1.200 km a nordeste de Cuiabá), foi preso no Estado do Pará, na quinta-feira (14.07), durante ação integrada das Polícias Civil de Mato Grosso e do Pará.

A ação faz parte da operação “Ámon”, deflagrada pela Polícia Civil na região de Confresa, objetivando localizar pessoas foragidas e dar cumprimentos aos mandados decretados pelo Poder Judiciário.

O procurado, de 69 anos, foi descoberto residindo na cidade de Floresta do Araguaia (PA), após investigação do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional Confresa com apoio do Cartório Especializado de Combate ao Crime Organizado.

Diante das informações apuradas, foi solicitado apoio à Polícia Civil do Pará, que através da Superintendência Regional de Polícia de Redenção e da Delegacia de Floresta do Araguaia, efetuaram a prisão do suspeito, que foi colocado à disposição da Justiça.

O homicídio

O crime ocorreu no dia 17 de janeiro de 1988, durante em uma festa na zona rural, no povoado denominado “Chapadinha”, em São Félix do Araguaia.

Na ocasião, o suspeito efetuou um disparo de arma de fogo para atingir um homem que era seu desafeto, e que naquele momento dançava com sua companheira.

No entanto, o autor errou o alvo e veio a atingir na cabeça e matar a vítima, Marlene Soares Silva. Após cometer o crime o suspeito foragiu.

Em 2008, o acusado foi julgado e condenado a pena de 12 anos de prisão.

Operação

“Ámon” é um nome com origem no grego, que quer dizer “o oculto”, “o escondido”.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook