Presos autores de latrocínio contra comerciante em Cuiabá; Dupla tentou novo crime

608

APREENDIDO MENOR ACUSADO DE MATAR EMPRESÁRIO NO TANCREDO NEVES

Dois jovens de 20 e 21 anos foram presos pelo morte do comerciante Expedito Ferreira dos Santos, 47, durante uma tentativa de assalto à mercearia JK, na Avenida Doutor Vicente Emílio Vuolo, no bairro Tancredo Neves, na última terça-feira (10.05).

Lucas Felipe do Nascimento Silva, 20, e Rodolfo Almeida da Silva, 21, foram presos no bairro Parque Amperco. Segundo a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), da Capital, o adolescente V.J.A.O, de 17 anos, também foi apreendido por participação no crime. O menor seria o executor do roubo que resultou na morte do comerciante. Ele será autuado por ato infracional de latrocínio.

Expedito se preparava para fechar o mercado, por volta das 20h, quando foi abordado por um suspeito. Ao esboçar reação, foi atingido por 2 tiros. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Ainda conforme as investigações, os 2 suspeitos acima citados são responsáveis por uma tentativa de latrocínio, na manhã de sexta-feira (13), no bairro Areão. Um morador de 43 anos abria o portão de casa, quando Lucas e Rodolfo passavam em um Fiat Palio, e viram a oportunidade de assalto.

O morador saia com sua motocicleta Honet quando foi abordado pelos suspeitos. Depois de rendido foi levado para dentro da casa, onde estava sua esposa S. M. R.M, 35 anos.

Dentro da casa, o menor contou que o morador esboçou reação e foi alvejado por tiros efetuados, segundo ele, pelo suspeito Lucas Felipe do Nascimento Silva, que faz uso de tornozeleira eletrônica, e que também teria desferido diversas coronhadas na cabeça da mulher com ajuda de Rodolfo. Ela sofreu traumatismo craniano e seu marido está em estado grave internado em um hospital particular de Cuiabá, sendo submetido a procedimento cirúrgico.

A delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis compareceu ao hospital para tentar colher declarações das vítimas da tentativa de latrocínio e assim formalizar a prisão em flagrante dos autores.

O suspeito Lucas Felipe tem várias passagens pela Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) e condenação de 5 anos por roubo. Ele foi posto no regime semiaberto no dia 15 de março de 2016, com medida cautelar de uso de tornozeleira. Seu comparsa, Rodolfo Almeida da Silva, tem antecedente de posse irregular de arma de fogo, e foi reconhecido por outro roubo praticado no bairro Recanto dos Pássaros no dia 10 de maio.

Na residência dos suspeitos, os policiais encontraram uma calça jeans da vítima, que o suspeito Lucas Felipe vestiu para esconder a tornozeleira, e também a camiseta que ele usou no crime com vestígios de sangue das vítimas. No local ainda foram recuperados aparelhos celulares subtraídos da casa do casal.(Com ascom PJC)

Comentários Facebook