Polícia Civil prende empresário suspeito de estuprar adolescente filha de namorada

32

Um empresário do mercado financeiro, suspeito de estuprar a filha de sua namorada, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (05.07), dentro de investigação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

O suspeito de 37 anos aproveitou o fato que a vítima de 17 anos estava sob o efeito de álcool para praticar o estupro e estava com a prisão decretada pela Justiça com base nas investigações da Deddica pelo crime de estupro de vulnerável. Ele possui passagens anteriores por crimes de ameaça e violência doméstica.

O fato ocorreu no dia 11 de maio após o suspeito, a namorada e a menor passarem a noite ingerindo bebida alcoólica em um bar da Capital. No final da noite, ocorreram desentendimentos entre a filha, a mãe e o namorado, ocasião em que a mulher foi embora com um casal de amigos.

O suspeito levou a vítima para casa dele e aproveitou o estado de embriaguez da menor para manter relação sexual com ela. Dias depois, ele entrou novamente em contato com a vítima, e pediu para buscá-la na escola, perguntando se ela estava arrependida e que não era para contar para ninguém.

Após saber dos fatos, a mãe da menor procurou a Polícia e também foi até a casa do namorado para buscar seus pertences, ocasião em que foi ameaçada pelo suspeito, que possui uma arma de fogo.

Assim que a equipe da Deddica foi acionada, iniciou as investigações e intimou o suspeito na época dos fatos para comparecer a delegacia, porém ele não foi localizado. Diante das evidências, foi representado pelo mandado de prisão preventiva do investigado, que foi deferido pela Justiça.

O suspeito se apresentou na manhã desta terça-feira (05) na Deddica, ocasião em que estava com o mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, o qual foi devidamente cumprido.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook