Pai é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra filha de oito anos

28

Um pai investigado por estupro de vulnerável em Porto Alegre do Norte, na região nordeste do estado, foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (07.06). O suspeito de 37 anos estava com a prisão preventiva decretada e também foi autuado em flagrante por descumprimento de medida protetiva.

A investigação começou no final do mês de maio, quando o Conselho Tutelar e a Polícia Civil foram acionados pelo Centro de Convivência da Assistência Social do município, após a criança de oito anos confidenciar para uma servidora que o pai abusava sexualmente dela.

A mãe da vítima foi ouvida e confirmou que o abuso. Ela declarou que o marido estava ingerindo bebida alcoólica e depois de uma discussão entre os dois, ele foi até onde a menina estava, e começou a passar as mãos na criança.

A comunicante disse que desconfiou que o marido abusava da filha, pois há algum tempo percebeu a menina triste e quieta. A mãe começou a conversar com a criança, que acabou revelando que o pai cometia os abusos.

No decorrer das investigações, a equipe da delegacia apurou que havia medidas protetivas de urgências para a criança em razão do suspeito ter agredido fisicamente a esposa e filha com um facão, em dezembro do ano passado. Porém, depois de solto, o suspeito voltou a morar na casa com a mulher e a filha, descumprindo a decisão judicial imposta.

Com base nos indícios apurados pela Polícia Civil, o investigado teve a prisão preventiva decretada pela Justiça pelo crime de estupro de vulnerável.

Imediatamente os policiais civis localizaram o suspeito que foi conduzido até a delegacia, interrogado e autuado em flagrante pelo descumprimento das medidas protetivas e formalizado o mandado de prisão pelo crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook