Operário-VG enfrenta o Goiania hoje (14), no “Micro-ondas” do Cristo Rei/VG

67

Goiania/GO e Vitória/ES, times tradicionais do futebol brasileiro são adversários do Tricolor da Fronteira na Série D do Brasileirão 2020

Estádio vereador Dito Souza, também conhecido como “Micro-ondas”. Janeiro-2020. Assessoria

CUIABÁ/MT – Após estrear com vitória fora de casa e incutir na torcida a esperança de que poderia fazer uma boa campanha na Série D do Brasileirão 2020, o Operário Várzea-grandense é só decepção. Vem de duas derrotas seguidas, inclusive, para o lanterna do grupo, o Vitória do Espirito Santo, em pleno estádio vereador Dito Souza, também conhecido como “Micro-ondas” por 2 a 1 e para União, 1 a 0 em Rondonópolis.

Hoje (14), as 15h00 no “Micro-ondas” no bairro Cristo Rei/VG, enfrenta o Goiania, tradicional clube do futebol brasileiro, que é o penúltimo colocado e necessita desesperadamente da vitória. Já o “Chicote da Fronteira”, com as duas derrotas seguidas está fora do grupo que subiria para a Série C do Brasileirão, caso o competição terminasse hoje. 

Domingo (18), pela última rodada do 1º Turno, o “Tricolor da Fronteira” vai ao Mato Grosso do Sul enfrentar o Águia Negra. Se perder hoje e perder no domingo também, dificilmente conseguirá reverter a situação no 2º Turno e permanecerá na Série B mais um ano. Pelo visto a parceira com o time mineiro Boa Esporte não está rendendo os frutos esperados. O futebol nas últimas duas décadas virou um “negócio”, que investe obrigatoriamente tem que lucrar e por isso só investem em quem  tem condições de dar retorno, coisa que nenhum time de Cuiabá, com exceção ao Cuiabá Esporte Clube tem condições de dar.

União de Rondonópolis e Sinop, também fazem campanhas ruins.  POBRE DO NOSSO FUTEBOL!!!

Comentários Facebook