Morte de jogador de futebol amador Sapinho revolta moradores do Novo Colorado

450

TUMULTO NO NOVO COLORADO, POPULARES APEDREJAM POLICIAIS REVOLTADOS COM A MORTE DE SAPINHO

Considerado um dos criminosos da mais alta periculosidade no Estado, Fábio Castro de Lima, de 31 anos, conhecido como “Sapinho”, morreu durante uma troca de tiros com a Polícia. Ele era considerado um “xerife” no bairro, alguém que ordenava a região. Fábio Castro de Lima, de 31 anos, conhecido como “Sapinho”, morreu durante uma troca de tiros com a Polícia. Era Suspeito de ter participado da tentativa de assalto ocorrida na terça-feira (31.07), em uma residencia localizada no Jardim Mariana, em Cuiabá. Ele era considerado um “xerife” no bairro, alguém que ordenava a região. Contra ele, pesavam pelo menos acusações de homicídios.

Na noite de quarta-feira (01.08), a policia recebeu informações (anonimas) de que um dos participantes da tentativa da assalto no dia anterior e suspeito de ter “metralhado” uma viatura da PM, estaria em uma residencia situada no bairro Novo Colorado, também em Cuiabá.

Ao se aproximarem da casa, os policiais foram recebidos a bala. Rapidamente, um dos militares reagiu e um dos disparos atingiu “Sapinho“. O Serviço de Assistência Móvel de Urgência/SAMU foi chamado para prestar socorro ao ferido, mas ele não resistiu e morreu ainda no local.

Após a morte, moradores se reuniram diante da casa da vitima e, revoltados, gritavam contra os policiais A ambulância do SAMU que foi acionada para fazer o atendimento, foi apedrejada e teve um dos vidros quebrado. A situação ficou tensa e vários disparos foram feitos para dispersar os manifestantes até que a pericia fosse concluída no local e o corpo retirado pelo Instituto de Medicina Legal/IML.

URGENTE TUMULTO NO NOVO COLORADO, SEGUNDO INFORMAÇÕES POPULARES ESTÃO JOGANDO PEDRAS NOS POLICIAIS.MAIS IMAGENS NO SITE A morte do traficante “Sapinho” ocorrido agora a pouco (01/08), no Bairro Novo Colorado, em Cuiabá causou tumulto da população que se revoltou coma morte do rapaz. Fábio Castro de Lima, de 31 anos, conhecido como “Sapinho”, morreu durante uma troca de tiros com a Polícia. Ele era considerado um “xerife” no Bairro, alguém que ordenava a região. Policiais que estão no local aguardando a chegada do IML foram apedrejados. Em instante matéria completa.www.lapadalapada.com.br

Posted by Lapada Lapada on Wednesday, August 1, 2018

Sapinho” era acusado de pelo menos oito homicídios e de trafico de drogas. Já havia se envolvido em troca de tiros com policiais varias vezes. Aos dezessete anos, foi apenado por homicídio, permanecendo um ano e oito meses no Centro Sócio-educativo [o antigo POMERI]. Em 2004, foi atingido por vários disparos de arma de fogo feitos por dois ocupantes de uma motocicleta, que apos o ato, fugiram em alta velocidade.

Apesar de perigoso, era tido no bairro praticamente como um ídolo, sob alegação de não deixava outros bandidos praticarem crimes na região, oferecendo uma falsa sensação de segurança aos moradores.

Informações, dão conta de que o apelido seria pela forma como ele conseguia fugir da policia, correndo e saltando muros e terrenos baldios feito um sapo,sem deixar rastros.

Fontes: lapadalapada, diário de cuiabá e a gazeta

Comentários Facebook