Melhor time da Segundona Mato-grossense-2022: O Campo Novo!!!

58

 

Nem o dinheiro dos famosos ex-repórter de campo e ex-comentarista na época do Dutrinha, consegue fazer do Mixto, o melhor time na disputa da Segunda Divisão Estadual

CUIABÁ/MT – O “oba-oba” da imprensa cuiabana é sobre o novo time do Mixto Esporte Clube, agora tocado com o dinheiro do ex-repórter de pista e do ex-comentarista jogos de futebol na “era Dutrinha” e agora, marqueteiro político que tomaram as rédeas do destino do time mais popular de Mato Grosso, que estava à beira da extinção e que na 1ª Rodada goleou o arremedo de time profissional, o Paulistano, por 7 a 0 e que foi comemorado pela torcida como seo time tivesse sido campeão do mundo.

Porém, bastou um segundo jogo contra um adversário menos ruim e um pouco mais organizado, para voltarem a realidade. O time, agora milionário, venceu por apenas 2 a 1 ao modestíssimo Sinop. Ressuscitaram, um time tradicional, o Paulistano Futebol  Clube, que a mais de 50 anos, descansava em paz, apenas para macularem a memória do que foi um dos melhores times do futebol de Mato Grosso.

Já o time do Campo Novo, mostrou que realmente é o melhor da competição até aqui: 6 a 0 no Operário Ltda., na 1º jogo e 6 a 0 no mesmo Paulistano, no domingo (08). 2 jogos e duas vitórias; 12 gols a favor e nenhum contra. O Mix-lionário fez 7 no Paulistano, só 2 no Sinop e tomou 1. Era para estar sendo o contrário né?!

O futebol de Mato Grosso, o de Cuiabá em particular, com exceção ao Cuiabá Esporte Clube, é uma vergonha homérica. O “Dourado” é a salvação da lavoura do bom nome que o futebol mato-grossense já teve no cenário nacional. Nada indica que voltaremos um futebol como o praticado entre as décadas de 1950 e 1990 do século passado, quando dirigentes/torcedores, davam a vida em prol de seu time do coração.

Jamais teremos de novo, homens do quilate de Ranulfo Paes de Barros, Rubens dos Santos, Joaquim de Assis, Délio de Oliveira ou Manoelito Souza. Ou mesmo, de nomes como os de Cândido de Almeida Lino, Nhozinho ou Airton dos Santos, nomes fortes de times como o Campinas Esporte Clube, do bairro do Barcelos; XV de Novembro do bairro da Lagoa ou Riachuelo Esporte Clube, dos bairros Várzea Ana Poupino/Terceiro.

Comentários Facebook