Mattos elogia reestruturação e prevê Palmeiras até duas décadas no topo

469
Cícero Souza, Cuca, Paulo Nobre, Alexandre Mattos Palmeiras (Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação)Dirigente tem contrato com o clube até o final do ano (Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação)

Contratado pelo Palmeiras no início do ano passado, depois de trabalhar no bicampeonato brasileiro do Cruzeiro, Alexandre Mattos vê o saldo da gestão atual como positivo. Para o diretor de futebol, depois de passar por uma reestruturação, o clube ficará em evidência e atingirá bons resultados por muitos anos.

? Falo muito para o presidente, é o legado que a gestão Paulo Nobre vai deixar para o Palmeiras. Títulos entram para a história, é o que o torcedor quer, mas para chegar neles a gente tem de trabalhar na gestão. Temos de falar da estruturação física e de pessoas. O Palmeiras buscou os melhores profissionais de suas áreas, e o importante é o torcedor saber que o Palmeiras hoje pensa em excelência ? disse.

? A tendência é estar na parte de cima. É fundamental uma estrutura forte e uma estrutura em excelência. É o que buscamos e estamos conseguindo. Falei ao presidente: seu legado vai ser completo com a estruturação do Palmeiras. A história mostra, quem fez isso não saiu de cima. E o Palmeiras está próximo disso e vamos ter uma década, duas com o Palmeiras no topo.

O importante é o torcedor saber que o Palmeiras pensa em excelência”
Alexandre Mattos, diretor de futebol

Assim como o segundo e último mandato de Paulo Nobre, o contrato de Mattos com o Palmeiras se encerra no final da atual temporada. As chapas ainda nem foram inscritas, mas a tendência é que a próxima eleição presidencial seja convocada pelo Conselho Deliberativo entre o final de novembro e o início de dezembro.

? Meu contrato é até o fim do ano, vim com o Paulo Nobre. Temos de esperar um pouco, o foco é no Fluminense, o que queremos realizar ainda. Aí, depois eleição, o que o Palmeiras vai querer para o futuro. Acredito que o caminho está desenhado. A continuidade na gestão é fundamental para o Palmeiras não passar as oscilações dos últimos dez anos ? comentou o diretor.

O duelo com o Fluminense será às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Com 40 pontos, o Palmeiras é o líder do Campeonato Brasileiro.

Comentários Facebook