Marcos Junior volta ao time e diz que campo neutro não vai desanimar o Flu

475

O Fluminense terá força máxima no próximo domingo, quando enfrenta o Palmeiras, no Mané Garrincha. Quem está de volta é o meia-atacante Marcos Junior, um dos destaques do time no Brasileiro e que, assim como Cícero, cumpriu suspensão contra o Santa Cruz. Sua meta é ajudar o Tricolor a ampliar a série invicta de quatro jogos e subir na tabela, e nem o fato de o time atuar em Brasília, considerado campo neutro, é motivo de desânimo.

Marcos Junior, Fluminense (Foto: Nelson Perez/Fluminense FC)Marcos Junior ao lado de Scarpa no treino do Fluminense (Foto: Nelson Perez/Fluminense FC)

– O torcedor do Fluminense dá apoio ao time em qualquer lugar que joga. Tivemos bons resultados no Rio, mas vamos atuar em Brasília agora. Vamos entrar em campo e dar o nosso melhor – disse o atacante ao GloboEsporte.com.

Marcos Junior tem a chance de se tornar o artilheiro do Fluminense na competição, mas garante que não é uma obsessão. Ele já marcou quatro, um a menos do que Cícero.

– É claro que atacante vive de gols, mas artilharia não é minha meta principal. Meu objetivo é sempre ajudar o time a ganhar títulos.

A função que Marcos Junior exerce no Flu se tornou uma das concorridas do elenco, com a chegada de vários reforços, como Danilinho, Marquinho, Aquino, Wellington e Alexis Rojas. O meia-atacante disse que não se sente pressionado, mas sabe que não pode dar mais brecha.

– O clube contratou grandes jogadores e isso é bom para qualificar ainda mais o grupo. Quem ganha com isso é a equipe e o Levir, que passa a ter mais opções. A concorrência é grande. Por isso trabalho no dia a dia e sempre tento dar o meu melhor. A competição entre os jogadores é sadia e o campeonato é longo. Precisamos de todos – finalizou.

O Fluminense é o oitavo colocado do Campeonato Brasileiro com 31 pontos. O duelo com o Palmeiras será neste domingo, às 16h, no Mané Garrincha, em Brasília.

Comentários Facebook