Lori Loughlin se entrega à polícia em caso de suborno e fraude nos EUA

9

Suspeita de suborno em troca de vagas em uma grande universidade para sua filha, a atriz Lori Loughlin, conhecida principalmente pela série “Três é Demais”, se entregou à polícia dos Estados Unidos nesta tarde de quarta-feira (13). Assim como Loughlin, a atriz Felicity Huffman também foi acusada de estar envolvida nos esquemas de fraude.


Lori Loughlin, conhecida por
Divulgação

Lori Loughlin, conhecida por “Três é Demais”, é suspeita de suborno em troca de vaga universitária

Leia também: Felicity Huffman e Lori Loughlin são acusadas de comprar vaga em universidade

De acordo com informações veiculadas pelo site Deadline , a atriz Lori Loughlin deverá ser ouvida por um juiz durante a tarde desta quarta (13), após sua entrega. Em contrapartida, seu marido, Mossimo Giannulli, também foi detido e chegou a pagar fiança de US$ 1 milhão para ser liberado.

A acusação dá conta que o casal chegou a pagar cerca de US$ 500 mil em troca das duas filhas serem aprovadas na Universidade do Sul da Califórnia (USC).

O caso de Felicity Huffman e Lori Loughlin, acusadas de fraude


Felicity Huffman e Lori Loughlin são acusadas de fraude
Reprodução/Instagram

Felicity Huffman e Lori Loughlin são acusadas de fraude

Leia também: Felicity Huffmann é liberada pela polícia após pagar fiança de quase R$ 1 milhão

A atriz Felicity Huffman (“Desperate housewives”) foi detida em sua casa sem incidentes, encaminhada a custódia federal. Loughlin não estava em Los Angeles na manhã da última terça (12), quando os agentes federais apareceram em sua casa, pois estava filmando a série “When The Heart Calls”, no Canadá, e voou até Los Angeles para se entregar.

Na manhã desta quarta (13), Huffmann chegou a pagar o equivalente a US$ 954 mil em fiança e foi liberada pela polícia.  Representantes da atriz não se pronunciaram sobre o caso. Além dela e de Loughlin, mais 46 pessoas foram acusadas de pagar suborno para que seus filhos fossem aprovados em escolas de alto nível como atletas recrutados, independente de suas capacidades.

Leia também: Estados Unidos vivem onda de escândalos envolvendo celebridades

O esquema em que Huffmann e Lori Loughlin  se encontram foi  investigado pela Justiça de Boston e o FBI. As autoridades levantaram que um empresário da Califórnia, chamado William Rick Singer, criou uma organização de fachada para lavar o dinheiro que os pais pagavam por seus serviços.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook