Justiça bloqueia renda e premiação do Santos por causa de Damião

606

A extensa briga jurídica que envolve Santos, Leandro Damião e a Doyen Sports ganhou mais um capítulo, nesta sexta-feira. A empresa conseguiu que a Justiça bloqueie a premiação que o Santos ganhará pela participação no Campeonato Paulista e também a renda da final contra o Osasco Audax, que será neste domingo, na Vila Belmiro. As informações são do jornal Lance.

A premiação varia de R$ 1,5 milhão (vice-campeão) até R$ 4 milhões (campeão). E a renda provavelmente será a maior do ano, pois os ingressos foram comercializados por valores entre R$ 50 e R$ 100. Todos já estão esgotados.

O Santos deve entrar com recurso contra essa decisão da Justiça. Recentemente, o clube teve que fazer isso pois foram cobrados R$ 74 milhões deles pelo financiamento feito pela Doyen.

Após jogar mal no Santos e ser emprestado pelo Cruzeiro, Damião entrou na Justiça para rescindir com o Peixe. Foi feito um acordo para ele jogar no Real Bétis até metade de 2017, como se fosse um empréstimo para o time espanhol. Mas a Doyen entende que houve uma rescisão de contrato e por isso cobra a dívida do Santos.

Comentários Facebook