Jean é apresentado no Corinthians e busca inspiração em Ralf: "Referência"

442
Jean Corinthians (Foto: Diego Ribeiro)Jean durante a apresentação no CT Joaquim Grava nesta sexta-feira (Foto: Diego Ribeiro)

Aos 21 anos, o volante Jean se inspira em um ídolo do Corinthians para tentar vencer em sua passagem pelo clube. Apresentado como reforço do Timão nesta sexta-feira, o jogador assinou contrato válido até dezembro de 2020 e mostrou discurso firme em sua apresentação.

LEIA MAIS: Cristóvão confirma escalação e relaciona 23 jogadores

O principal espelho de Jean na posição é o volante Ralf, campeão de quase tudo pelo Corinthians até dezembro do ano passado, quando se transferiu para o Beijing Guoan, da China. As características do novo corintiano são semelhantes às do ídolo. Outra inspiração é Bruno Henrique, negociado nesta semana com o Palermo, da Itália.

? São dois jogadores em que me inspiro. Qualquer volante se espelharia neles. Ralf é referência e ídolo dentro do Corinthians. Saiu como eu, da Série B, de clubes menores. Eu poderia ser mais comparado a ele, sou mais de marcação, mas me apresento também ? explicou Jean.

Questionado novamente sobre suas características, Jean voltou a citar Ralf.

? Minha característica é mais voltada à marcação. O torcedor corintiano pode esperar um jogador de marcação firme e forte, mas também um jogador de bom passe e velocidade. Espero mostrar isso em campo. Hoje eu me espelho muito em jogadores que passaram por aqui, como o Ralf. Até porque é da minha característica. Eu me espelho no Ralf ? disse.

Jean Eduardo Ferreira Corinthians (Foto: Diego Ribeiro)Jean ao lado do diretor adjunto de futebol Eduardo Ferreira na entrevista coletiva no CT (Foto: Diego Ribeiro)

Jean não foi relacionado para o jogo deste sábado contra a Ponte Preta, às 16h (horário de Brasília), em Campinas, porque aguarda regularização na CBF. Além dele, o atacante Gustavo também foi contratado para o segundo semestre de 2016. Ele será apresentado na próxima semana.

Leia outros trechos da entrevista do volante Jean:

Da Série B para a Série A
? É diferente da Série B, que é mais aguerrida,
mas a Série A é intensa. Não será difícil a adaptação, já estou me acostumando
muito bem.

Chegada a um grande clube
? Falar de Corinthians é difícil, mas ao mesmo tempo
fácil. A dimensão do Corinthians é enorme. A ansiedade e alegria em querer
estrear logo já estão aqui dentro, é normal, mas a ficha vai caindo aos poucos.
Entrar no CT, ver toda essa grandeza, conhecer as pessoas, jogadores que você
olhava só pela televisão. Eles chegam e te valorizam. Só posso agradecer.

Comentários Facebook