Investigação identifica adolescente que acessou conta de idoso e deu golpe de R$ 18 mil

26

A Delegacia da Polícia Civil em Alto Araguaia identificou um adoelscente que acessou o celular e a conta bancária de um idoso e fez transferências via Pix, causando um prejuízo de aproximadamente 18 mil reais à vítima.

A vítima de 68 anos procurou a Delegacia de Alto Araguaia e alegou que sua conta bancária teria sido invadida e diversos pagamentos realizados via PIX, sem sua autorização. Foram constatadas 13 operações, chegando a um montante de aproximadamente 18 mil reais.

Diante dessa informação, a equipe de investigação, com o auxílio do Núcleo de Inteligência, realizou diligências e identificou que um adolescente teria, aproveitando-se da confiança do idoso, acessou o celular da vítima e realizou as transferências. A equipe policial apurou também o envolvimento de outras pessoas que receberam os valores transferidos em suas contas e, posteriormente, adquiriram produtos a mando do adolescente.

Foram apreendidas uma bicicleta, um monitor de computador, tênis, equipamentos de informática e um celular. Alguns produtos foram adquiridos via internet e ainda não foram entregues.

As pessoas envolvidas foram ouvidas e confessaram que receberam aproximadamente R$ 14 mil, via PIX, provenientes da conta da vítima. O adolescente alegou que se tratava de um acerto de contas por serviços realizados na fazenda da vítima. O menor também fez outras transferências para, segundo ele, adquirir créditos de jogo on-line.

Do total transferido, foram recuperados para a conta da vítima aproximadamente 4 mil reais. Os produtos apreendidos serão devolvidos para as respectivas empresas e os valores pago devolvidos a vítima.

As investigações serão aprofundadas e os envolvidos poderão responder por estelionato, associação criminosa, corrupção de menor. O adolescente também poderá responder por crimes análogos, na legislação aplicável.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook