Gol no fim anima, e Jorginho convoca torcida: "É diferente em São Januário"

466
 

Muito mais do que um gol. As primeiras palavras de Jorginho
após a derrota por 3 a 1 para o Santos, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro,
representam bem a importância do chute certeiro de Eder Luís no segundo final
do duelo pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Dominado até com certa
facilidade pelos donos da casa, os vascaínos renovaram as esperanças para a
partida de volta, e o treinador já fez questão de convocador o torcedor:

 

Fomos muito felizes com o gol que coloca a gente de novo
no campeonato. É um gol importante. Saindo na frente em São Januário, na nossa
casa, com a torcida…

Jorginho, treinador do Vasco

– Fomos muito felizes com
esse gol que nos coloca de novo no campeonato. É um gol importante. Saindo
na frente em São Januário, na nossa casa… Tivemos todo carinho em Cariacica e
sempre nos receberam bem, mas é diferente em São Januário. É verdadeiramente a
nossa casa. Vamos fazer uma pressão grande e com certeza podemos reverter essa
situação.

 

Com a derrota, o Vasco precisa vencer por 2 a 0 ou por
diferença de três ou mais gols para avançar às quartas de final. Um novo 3 a 1
leva a partida para os pênaltis e outro resultado dá a classificação aos
santistas. Entretanto, o duelo decisivo está marcado somente para o próximo dia
21 de setembro, em São Januário.

 

Antes, há seis rodadas pela Série B do Brasileirão. Líder
com 40 pontos, o Vasco vai até Juiz de Fora encarar o Tupi no próximo sábado,
às 16h30 (de Brasília), pela 21ª rodada. A delegação segue para a cidade
mineira já na manhã de quinta-feira.

Confira a íntegra da coletiva:

Atuação do Vasco

 

jorginho (Foto: Carlos Gregorio Jr. / Vasc.com.br)Jorginho durante derrota do Vasco para o Santos, na Vila (Foto: Carlos Gregorio Jr. / Vasc.com.br)

Tivemos falhas de coisas que estamos trabalhando, de atenção
e atitude. Tomamos dois gols em erros nossos. O terceiro foi muito bem
trabalhado, uma jogada linda. Foi uma jogada muito bem feita. Mas os dois
primeiros gols nós demos para eles. Vamos rever para melhorar. Conversávamos
sobre isso no intervalo que era um jogo normal. Mas quando toma o gol a questão
emocional conta. Tivemos a maturidade necessária para fazer um gol no fim.

 

Lições

 

Mostra que temos de estar atentos o tempo todo. Não pode
cochilar. Com o potencial deles, são detalhes que decidem. Se estivéssemos
ligados, não aconteceria. Vamos trabalhar internamente. Eu assumo a
responsabilidade, mas não pode se repetir. Temos de estar muito atentos em casa
para não repetir os erros.

 

Diferença técnica

 

Eles têm muita qualidade. Fizeram um jogo aqui e fizeram 3 a
0 no Atlético-MG. Perdemos de 3 a 1 poderíamos não ter tomado os dois primeiros
gols.
 

Falhas de Diguinho

 

Nunca vou falar em jogador. A responsabilidade é da comissão
técnica. Os erros acontecem e cabe a nós tomar as precauções necessárias, com
vídeos, e vamos melhorar para o próximo jogo.

 

Distância para o segundo jogo

 

É bom. Vamos estar em um nível melhor. Vai contribuir. Acredito
no nosso trabalho na Série B. A torcida será fundamental, como foi aqui. Aqui
também foi. Soube que com alguns ônibus houve situações lamentáveis. Vamos falar
com o presidente para diminuir ingresso e tentar reverter.

Finalização

 

Nenê não está acostumado a sair, mas não estava em um bom
momento e precisava de um gol. E que bom que o Eder Luis entrou no lugar dele e
fez o gol

Jorginho, sobre substituição de Nenê

Trabalhamos insistentemente. O Vanderlei foi muito feliz no
lance. Mostrou a frieza necessária para não dar o bote. O André sofreu o
pênalti, na hora disse que ficou desequilibrado e tocou fraco na bola.
Acontece. O André se movimentou, mas esse gol realmente acho que vai fazer
diferença.

 

Santos desfalcado no jogo de volta

 

Claro que nosso plantel é diferente do Santos. Eles estão na
primeira divisão, o investimento é muito maior. Não dá para comparar. 

 

Gesto de Nenê ao ser substituído

 

Nenê não está acostumado a sair, mas não estava em um bom
momento e precisava de um gol. E que bom que o Eder Luis entrou no lugar dele e
fez o gol.

 

Desentendimento com Rodrigo

 

Primeiro, tudo está resolvido. Fiquei surpreso quando saiu,
mas os repórteres buscam as informações. Aconteceu, mas acontece em qualquer
lugar. Não perdemos respeito, rapidamente atuamos para resolver e está tudo
bem. Hoje, depois do jogo, falei para eles que não é uma derrota que vai tirar
nossa alegria. Quando há problemas, atuamos para resolver.

Comentários Facebook