Galo ganha de virada e mantém distância na liderança

13


Em um jogo de dois tempos completamente diferentes, o Galo venceu o Santos por 3 a 1, de virada, esta noite, 13, no Mineirão. Com o resultado, o time do técnico Cuca manteve os 11 pontos de vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro em relação ao segundo colocado. O Atlético ampliou, ainda, a série invicta na competição: são 18 jogos sem perder, num total de 14 vitórias e quatro empates.
Crédito: Clube Atlético Mineiro/Pedro Souza
No primeiro tempo, não houve gols no Mineirão. No segundo, Raniel abriu o marcador a favor dos visitantes. O meia Nacho, que entrou na segunda etapa, fez bela atuação e conduziu o Galo rumo à virada. Ele marcou duas vezes e o zagueiro Nathan Silva, uma.
O jogo
O Galo chegou à área adversária no primeiro minuto, em jogada de Dylan e Diego Costa, cortada pela defesa santista. As oportunidades de gol, porém, foram poucas, de lado a lado, durante a primeira etapa. A equipe paulista postou-se fechada defensivamente e diminuiu os espaços para os avanços do Atlético.
Aos 16, após cobrança de escanteio pela direita, o Santos chegou com perigo, o goleiro Everson espalmou e, no bate-rebate de frente para o gol, a defesa atleticana levou a melhor e tirou a bola. Aos 27, Allan chutou forte de fora da área e o goleiro João Paulo espalmou.
Segundo tempo
Para a segunda etapa, o técnico Cuca fez duas mexidas. Voltou com Nacho e Sasha nos lugares de Dylan e Diego Costa, respectivamente.
Aos 2 minutos, o Santos abriu o placar. Raniel recebeu a bola na meia-lua, dominou e chutou no canto esquerdo do gol de Everson. Aos 18, Cuca fez mais duas substituições: Calebe entrou no lugar de Mariano e Tchê Tchê, no de Jair.
Virada do Galo
Na sequência, Nacho cobrou escanteio pela esquerda, Sasha cabeceou e Calebe finalizou para o goleiro João Paulo defender em cima da linha. Na jogada, porém, Lucas Braga havia empurrado Calebe. O árbitro Paulo Roberto Alves Júnior verificou o VAR e marcou pênalti a favor do Galo. Aos 23, Nacho cobrou e marcou, igualando o placar: 1 a 1.
Aos 25, Vinícius Zanocelo cabeceou e o goleiro Everson defendeu. Aos 29, Nacho cobrou falta e Nathan Silva, de cabeça, fez o gol da virada atleticana. Aos 32, Calebe entrou na área santista e foi derrubado por Velázquez. O árbitro checou a jogada no VAR. Aos 35, Nacho cobrou, o goleiro João Paulo rebateu e Nacho, de cabeça, marcou, ampliando o placar para 3 a 1.
Hulk
Um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro, com 10 gols, o atacante Hulk não jogou contra o Santos. Ele recupera-se de um edema no músculo posterior da coxa direita.
Próximo compromisso
O próximo jogo do Galo pelo Campeonato Brasileiro será domingo, 17, às 18h15, contra o Atlético Goianiense, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 3 X 1 SANTOS
Competição: Campeonato Brasileiro
Rodada: 26ª
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Público pagante: 16.514
Gols: Nacho, Nathan Silva e Nacho (23´2º T, 29´ 2ºT e 35´2ºT – Atlético), Raniel (2´ 2ºT –Santos)
Atlético: Everson, Mariano (Calebe), Nathan Silva, Réver, Dodô, Jair (Tchê Tchê), Allan, Zaracho, Dylan (Nacho), Keno (Igor Rabello), Diego Costa (Sasha)
Técnico: Cuca
Santos: João Paulo, Vinícius Balieiro (Tardelli), Velázquez, Wagner, Marcos Guilherme (Madson), Camacho, Vinícius Zanocelo, Jean Mota (Pirani), Lucas Braga, Marinho, Léo Baptistão (Raniel)
Técnico: Fábio Carille
Cartões amarelos: Savinho e Dodô (Atlético), Raniel, Pará, Lucas Braga, Wagner Leonardo, Jean Mota e Marinho (Santos)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (AB-PR)
Árbitro Assistente 1: Bruno Boschilia (Fifa-PR)
Árbitro Assistente 2: Ivan Carlos Bohn (MTR-PR)
Quarto Árbitro: Murilo Francisco Misson Junior (CD-MG)
Analista de Campo: Carlos Henrique Tosta (CBF-MG)
Árbitro de Vídeo: Adriano Milczvski (AB-PR)
AVAR: Luciano Roggenbaum (AB-PR)
Observador de VAR: Jose Alexandre Barbosa Lima (CBF-RJ)
fonte: https://atletico.com.br/noticias/galo-ganha-de-virada-e-mantem-distancia-na-lideranca

Comentários Facebook