FRENTE FRIA: Temperatura em Cuiabá pode chegar a 2º na madrugada deste sábado (6)

151

Temperatura despenca em Cuiabá e Chapada dos Guimarães

Da Reportagem

Uma forte onda de frio vai fazer a temperatura cair em Mato Grosso. Em Cuiabá, o tempo fica mais ameno já nesta sexta-feira (05), mas a temperatura tem acentuada queda no fim de semana. Amanhã (06), a capital mato-grossense poderá bater o recorde de madrugada mais fria do ano até agora. Também é possível um novo recorde na madrugada do domingo (07), mas a tendência é de elevação dos termômetros no período da tarde. 

Em Chapada dos Guimarães (65 quilômetros, ao norte de Cuiabá), a previsão é de temperatura mínima na casa dos 2 graus Celsius, no fim de semana, conforme previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. O tempo ameno é resultado da atuação de uma forte massa de ar frio de origem polar que provocou acentuado declínio das temperaturas na região sul e, posteriormente, no sudeste, centro-oeste e sul da região norte do país. 

Para Cuiabá, o Inpe prevê mínima de 19ºC e máxima de 32ºC nesta sexta-feira. No sábado, o tempo fica parcialmente nublado com os termômetros ficando entre 11º e 24ºC. No domingo, a mínima deverá ficar em 10ºC, mas ao longo do dia atingir a casa dos 28ºC. Na segunda, o sol deve predominar com a temperatura variando entre 13ºC e 34ºC. 

Já no município de Chapada dos Guimarães, onde o declínio da temperatura tende a ser mais intenso, a previsão para esta sexta-feira é de predomínio do sol com temperatura variando entre 9º e 28ºC. Já no sábado e no domingo, a meteorologia prevê queda brusca dos termômetros com a mínima podendo chegar a 2ºC, segundo o Inpe. As máximas ficam entre 18º e 22ºC, nestes dois dias. Na segunda-feira (08), a mínima prevista é de 6ºC, com prevalência do sol na cidade de Chapada. 

Um alerta é que durante o período de baixas temperaturas seja oferecida atenção especial à população mais vulnerável, como doentes, moradores de rua, idosos e crianças. A população deve se manter agasalhada, beber bastante líquido e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas. Tais medidas previnem doenças respiratórias como gripe, resfriados e pneumonia. Nas noites mais frias, animais domésticos também devem ficar abrigados. 

Comentários Facebook