Figueirense não entra em campo e perde por W.O. na Série B

158

UM CONTEÚDO DE 

Jogadores do clube catarinense fizeram protesto por conta dos salários atrasados. Cuiabá foi decretado vencedor por 3 a 0

Jogadores do clube catarinense fizeram protesto por conta dos salários atrasados. Cuiabá foi decretado vencedor por 3 a 0

A delegação alvinegra deixou Florianópolis na última segunda-feira com destino a Cuiabá depois de quatro dias sem treinar. Os jogadores avisaram à diretoria que só entrariam em campo quando as contas fossem colocadas em dia. O elenco não recebeu o salário de julho e os últimos dois meses de direito de imagem.

Os jogadores chegaram atrasados na Arena Pantanal e ficaram aguardando no vestiário por uma negociação do advogado Filipe Rino com o departamento jurídico do clube. A exigência era que a diretoria assinasse um documento prometendo pagar tudo até o dia 28 de agosto, além de não promover retaliação com qualquer atleta.

“No final da noite foi aberto diálogo entre o jurídico do clube e o advogado Filipe Rino, mas sem avanços. Não houve o cumprimento de nenhuma das exigências dos atletas (pagamento dos salários e Imagem dos atletas, salários de atletas da base, funcionários do clube)”, anunciou o próprio Filipe Rino.

Sem acordo, os jogadores do Figueirense deixaram a Arena Pantanal. Já o árbitro carioca Pathrice Wallace Corrêa Maia precisou esperar 30 minutos para anunciar o fim da partida e dar a vitória ao Cuiabá por 3 a 0. O resultado coloca o time mato-grossense na sétima colocação da Série B, com 26 pontos.

Além de ser declarado perdedor, o Figueirense vai ser denunciado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no artigo 203 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por “deixar de disputar, sem justa causa, a partida” e a multa é de R$ 100 a R$ 100 mil. Se o clube perder mais uma partida por W.O. nesta Série B, ele será excluído da competição e rebaixado para a Série C.

Em comunicado oficial, a diretoria do clube catarinense apontou os jogadores como os únicos responsáveis pelo W.O. “O Figueirense Futebol Clube comunica que a decisão de promover o W.O. na partida da Série B do Campeonato Brasileiro desta terça-feira, 20 de agosto, contra o Cuiabá, em Mato Grosso, é exclusiva dos jogadores profissionais relacionados para o confronto”, registrou o clube. “Vale ressaltar que a comissão técnica se apresentou normalmente para a disputa e o setor de logística do Alvinegro promoveu todos os procedimentos prévios para entrada em campo dos atletas.”

Após um bom início, tanto que brigou pelas primeiras colocações até a décima rodada, o Figueirense passou a ser prejudicado por conta da questão extra-campo e já são oito jogos sem vitória. A sequência negativa o colocou em 13º lugar, com 20 pontos, a três da zona de rebaixamento. O próximo jogo está marcado para sábado, contra o CRB, em Florianópolis, pela 18ª rodada.

O futebol do Figueirense vem sendo comandado pela empresa Elephant desde 2017 e desde então sofre com problemas financeiros. No final de julho, o técnico Hemerson Maria entregou o cargo no final de julho e disparou contra o presidente Cláudio Honigman. As categorias de base do clube também estão sendo afetadas.

Comentários Facebook