Por causa da pandemia, FESSP/MT ainda não inaugurou sua nova sede no CPA I, conforme afirmação de seu presidente, Benedito Daltro.

414

Loja do Comper foi construída no local onde existiu sede da Aspemat e três campos de futebol

CUIABÁ/MT – Até dezembro de 2014, existiu no bairro Morada da Serra [CPA I], a sede da Associação dos Servidores Públicos do Estado de Mato Grosso/Aspemat, que foi demolida para que no local fosse construída mais uma loja da Rede Comper. Na sede da Aspemat, existia três campos de futebol que eram uma das principais área de lazer dos moradores da grande Morada da Serra, pois ele atendia não só aos associados, mas também não associados, já que o local era locado para vários tipos de eventos. Um dos campos, o principal deles, o que era mais utilizado, foi construído margeando os limites do terreno da Aspemat, na esquina da rua Jornalista Amaro de Figueiredo Falcão com a rua Coronel Evaristo da Costa e Silva e o terreno da Aspemat era cercado por arames farpados. Esse campo contava, inclusive, com arquibancadas de concreto, podendo ser considerado o primeiro mini estádio de Cuiabá. O segundo campo era localizado onde foi construído a loja do Comper e o terceiro ficava no local onde foi reservado para a nova sede da entidade.

O principal campo de futebol que havia na sede da Aspemat, ficava exatamente neste local e tinha, inclusive, arquibancadas de concreto armado. [Foto:  Acervo  de  Joacir  Hermes  e  do site Clube News]

A sede de mais uma loja do Comper controlada pelo Grupo Pereira foi construída sobre os três campos que eram um dos principais locais de lazer não só dos associados como dos moradores da Grande CPA. Era um dos mais tradicional “point” da juventude cuiabana entre as décadas de 1980 a 2010. Nesse local eram realizados jogos de vários tipos de competições de futebol amador, como torneios internos para associados da Aspemat, jogos amistosos e principalmente, o Campeonato de Futebol Amador Master do CPA.  

No dia 25 de fevereiro de 2015, o Grupo Pereira inaugurou mais uma loja do Comper em Cuiabá, desta feita no bairro CPA-I também fez o lançamento das obras de construção da nova sede da ASPEMAT, local onde foi construído a mais nova loja do grupo.

A área onde deveria ser construída a nova sede da Aspemat no mês de maio de 2016, que ainda nem havia sido iniciada.  [Foto: Acervo de Joacir Hermes e site Clube News]

De acordo com reportagem do site sinprotaf, o terreno foi cedido para a construção da nova loja do Comper que em contrapartida, construiria a nova sede da FESSP/MT, em uma parte do terreno reservada para tal finalidade. “O Hiper Center CPA I está instalada em uma área total de 17,5 mil m², desse montante 3,5 mil são de área construída”, dizia a reportagem.

As obras da nova sede devem ser concluídas em quatro meses”, afirmou ainda a reportagem do sinprotaf. Ocorre que essas afirmações não se tornaram realidade, uma vez que a construção da nova sede da FESSP/MT só começou no mês de fevereiro de 2017, com a chegada das primeiras estruturas de concreto que seriam usadas nas obras.

Apenas no mês de fevereiro de 2017,  é que começaram a chegar  as estruturas que seriam usadas na construção da nova sede.  [Foto: Acervo de Joacir Hermes e do site Clube News]

Essa obra de construção da nova sede da FESSP/MT, que segundo a reportagem do sinprotaf seriam concluídas em quatro meses, demoraram quatro anos para ser concluída após o seu anuncio. Demorou de maio de 2017 a outubro ou novembro de 2019, quando elas realmente foram concluídas. Inclusive nem inaugurada foi ainda pelo presidente Benedito Daltro. Em abril de 2018, procurado por telefone pela reportagem do site Benedito Daltro informou que as obras demoravam devido ao atraso da Prefeitura de Cuiabá em liberar a construção da obra e à falta de recursos para que a mesma fosse realizada. Confira abaixo, matéria do site da sinprotaf:

O OUTRO LADO

Procurado pela reportagem do site, por meio de celular, Benedito Daltro afirmou que por conta da pandemia [que só paralisou as atividades normais em Cuiabá a partir do mês de Março de 2020], não se poderia realizar inaugurações e que por isso a Federação estaria perdendo recursos com aluguéis de Salão de Festas, Campo de Futebol e outras formas de gerar receitas.     

Questionado sobre reportagem do site do sinprotaf, que divulgou a inauguração da loja do Comper no CPA I, Daltro foi enfático ao afirmar que “Eu tô ansioso pra inaugurar essa porra aí! Fora de brincadeira. O pessoal quer ir aí, mas não pode. Com essa coisa de pandemia…Veja abaixo, a íntegra do áudio em que Benedito Daltro justifica a não inauguração até o presente momento da nova sede da FESSP/MT.  

Comentários Facebook