Família rouba cadáver de homem morto por Covid-19 de hospital

330

Fonte:                                                                                         Por:  Redação VEJA São Paulo

O corpo de Ramón Eliecer Quintero, 59 anos, foi roubado do hospital ESE San Rafael, do município de Fundación, na Colômbia, pela família, que invadiu o local na última quinta-feira (8).

Ramón, que sofria problemas respiratórios há 14 anos, faleceu por complicações da Covid-19. De acordo o portal colombiano de notícias RCN, os familiares não concordaram com o diagnóstico médico e não aceitaram que o enterro fosse rápido e sem a presença do grupo. Além disso, afirmaram que o hospital “deixou o paciente morrer”

A filha de Rámon, Rosa Katerine Quintero, conta que a família decidiu levar o corpo do necrotério porque, embora os médicos tenham confirmado a morte de seu pai às 4 da manhã daquele mesmo dia, “seu corpo estava em decomposição”.

O hospital nega as acusações e critica a atitude da família. “Ramón Eliecer Quintero, que permanecia abandonado, por familiares, recebeu os cuidados médicos necessários”, disse em nota.

Veja o vídeo:https://www.instagram.com/tv/CNcWDcahQjB/?utm_source=ig_web_copy_link

Comentários Facebook