Explosões atingem região portuária de Beirute

144

Uma série de explosões de grandes proporções atingiu área próxima ao porto de Beirute, capital do Líbano, nesta tarde (4.ago.2020). Até o momento não há informações se foi 1 ato criminoso ou 1 acidente. O que se sabe até então é que a origem foi em 1 armazém onde eram guardados fogos de artifício.

O governo afirmou que há muitos feridos, mas os números ainda não foram divulgados. Os danos material também foram graves. Imagens compartilhadas nas rede sociais mostram uma grande nuvem de fumaça na área e prédios do entorno também destruídos –janelas de apartamentos a quilômetros de distância foram quebradas, assim como fachadas de lojas. Canais de televisão locais falam em centenas de feridos, até mesmo em áreas longínquas do local da explosão.

A TV local AL Arabiya informou que ao menos uma das explosões teria ocorrido nas proximidades da casa do ex-premiê Saad Hariri. A cobertura local enfatiza que está prevista para esta semana a divulgação da sentença de de 4 homens acusados de participação no assassinato do ex-primeiro-ministro libanês Rafik Hariri, o pai de Saad.

Pessoas que estavam presentes filmaram a cena. Os vídeos circulam na internet.       

REGISTROS DE JORNALISTAS

O jornalista Borzou Daragahi, correspondente internacional do The Independent, compartilhou vídeos na sua conta do Twitter.

A jornalista Bel Trew, também correspondente do The Independent, sediada em Beirut, publicou na sua conta do Twitter que a explosão foi ouvida a quilômetros de distância. “Caos total em Beirute. Fachadas de lojas destruídas, pessoas feridas cambaleando nas ruas, alarmes disparando, ambulâncias tentando chegar a hospitais, chão brilhando com vidro quebrado. Em todos os meus anos cobrindo guerras, nunca experimentei uma explosão como essa”, escreveu.

Comentários Facebook