Este rapaz salvou 1.000 cães em um festival de carne de cachorro na China

431

Um rapaz salvou 1.000 cães em um festival de carne de cachorro.

Recentemente se iniciou na China um festival onde carne canina é comida. O festival polêmico acontece na cidade Yulin e tem duração de 10 dias.

Em um esforço para reduzir o número de cães abatidos, ativistas dos direitos dos animais têm trabalhado incansavelmente para fechar locais que fornecem os cachorros e também os matadouros, que normalmente ceifam cerca de 10.000 vidas durante o evento anual.

Marc Ching, um ativista americano e proprietário de uma empresa de alimentos orgânicos pet, viajou para o local onde a matança ocorre com o objetivo de salvar animais antes de o festival começar.

De acordo com a página da organização sem fins lucrativos de Marc no Facebook, ele conseguiu libertar 1.000 cães de seis matadouros diferentes.

Esta foi a sétima viagem do americano à Ásia em busca de salvar animais. O ativista relatou que a polícia vinha tentando frustrar seus esforços e também os de outros voluntários.

Este rapaz salvou 1.000 cães em um festival de carne de cachorro na China

Marc Ching, um ativista americano e proprietário de uma empresa de alimentos orgânicos pet, salvou 1.000 cães em um festival de carne de cachorro, na China. Foto: distractify

Foto: Instagram

Foto: Instagram

Foto: Facebook

Foto: Facebook

Fonte: Distractify

Comentários Facebook