Em jogo polêmico e com cinco gols, Fla supera desfalques e vence Botafogo

280

Do UOL, no Rio de Janeiro – 28/07/2019 17h54

O Flamengo venceu o Botafogo por 3 a 2 neste domingo, no Maracanã. O jogo foi bastante movimentado e polêmico já que a arbitragem decidiu por não expulsar Cuellar e Rafinha em lances que geraram reclamações dos botafoguenses. O Alvinegro saiu na frente com Cicero, mas Gerson e Gabigol viraram. Diego Souza empatou, mas Bruno Henrique deu números finais ao duelo.

O triunfo é importante para o Flamengo que teve que superar vários desfalques. Diego, Vitinho, Everton Ribeiro e Arrascaeta antes da partida, além de Rodrigo Caio e Lincoln durante o jogo. O Rubro-negro é o 3º lugar com 24 pontos conquistados.

Na quarta-feira, o Flamengo tem o jogo da volta com Emelec após ser derrotado por 2 a 0 no Equador, nas oitavas de final da Libertadores. Pelo Brasileiro, o próximo adversário é o Bahia, no domingo, na Fonte Nova.

O Botafogo, por sua vez, permanece com 16 pontos e cai para a 9ª posição. O Alvinegro volta a campo na quarta-feira para o jogo de volta com o Atlético-MG, no Independência – perdeu por 1 a 0 no Nilton Santos. Pelo Brasileiro, o time encara o Avaí, no domingo, na Ressacada.

Quem foi bem? Rafinha e Luiz Fernando

O lateral do Flamengo teve grande atuação e desequilibrou a partida nos momentos complicados para o Flamengo. Mesmo que tenha causado polêmica em falta violenta em Luiz Fernando, ele teve atuação sólida e fez a jogada do gol da vitória. Luiz Fernando, por sua vez, foi o grande destaque do Botafogo.

Quem foi mal? Alex Santana

Volante do Botafogo tem sido o pior em campo nos últimos jogos. Além de não marcar com efetividade, jogador pouco aparece no ataque. Péssima partida.

Rodrigo Caio sente e engorda lista do DM do Fla

O departamento médico do Flamengo já estava cheio e ficou ainda mais apertado após poucos minutos de jogo. Rodrigo Caio sentiu uma lesão virilha e fez o tradicional gesto pedindo substituição. Jorge Jesus lançou Thuler ao lado de Pablo Marí. Vitinho, Diego, Everton Ribeiro, Arrascaeta e, agora, Rodrigo Caio.

No mesmo lance em que Rodrigo Caio sentiu a lesão, o Botafogo bateu o escanteio e abriu o marcador. Jonathan bateu com categoria no primeiro pau, e Cícero se antecipou a Trauco e Diego Souza para desviar e estufar a rede: 1 a 0.

Após o gol, o Botafogo recuou e viu o Flamengo tomar conta da partida. O Rubro-negro passou a usar bem os seus pontas Gabigol e Bruno Henrique e criava jogadas de perigo em larga escala. Não demorou a sair o empate. Gerson dominou pela direita, driblou Jonathan e bateu com categoria no canto direito de Gatito fernández que nada pôde fazer: 1 a 1. Comentarista da Globo diz que VAR errou ao não expulsar Cuellar. Aos 45min do primeiro tempo, Marcinho tinha bola dominada quando sofreu uma dura falta de Cuellar, que pisou em cima do tornozelo do botafoguense. Apesar do lance pesado, o VAR não chamou o árbitro Raphael Claus para revisar a entrada do colombiano. O comentarista de arbitragem da TV Globo, Sálvio Spínola, considerou a jogada para expulsão.

Comentários Facebook