Em ação rápida, Polícia Civil cumpre prisão de padrasto que abusava de enteada em Torixoréu

47


Assessoria | Polícia Civil-MT

O autor de um crime de estupro de vulnerável cometido contra a enteada em Torixoréu (560 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, poucas horas após a comunicação dos fatos, em rápida ação realizada pela equipe da Delegacia de município.

O suspeito, de 29 anos, já estava com a ordem de prisão preventiva decreta pela Justiça, quando compareceu na quarta-feira (25.11), a Delegacia de Polícia de Torixoréu para prestar esclarecimentos sobre os fatos.

As diligências iniciaram logo depois da Polícia Civil ser acionada na tarde de terça-feira (24), pelo Conselho Tutelar para apurar uma ocorrência de estupro de vulnerável. O fato foi comunicado pela mãe da vítima, que relatou que o seu companheiro aproveitava o momento em que ela saia de casa para trabalhar para abusar sexualmente da sua filha, de apenas 10 anos.

Durante depoimento especial, a criança contou que vinha sendo abusada pelo padrasto há cerca de um ano, e fazia ameaças para que a menina não revelasse nada para sua esposa. A menina recebeu atendimento psicológico e demonstrou grande abalo emocional pelos atos e abusos sofridos.

Diante do fato grave, a vítima foi encaminhada para ao Instituto Médico Legal (IML) de Barra do Garças para realização de exames, que confirmaram a conjunção carnal. Além dos laudos periciais com resultado positivo, foram realizadas várias diligências, e tomados depoimentos e oitivas de testemunhas.

Com base nos evidências, a Polícia Civil de Torixoréu representou pelo pedido de prisão preventiva do suspeito, imediatamente deferido pela Justiça. Após o mandado decretado, o investigado compareceu à delegacia e depois de ser interrogado, teve o mandado de prisão cumprido, sendo encaminhado para a Cadeia Pública de Barra do Garças, onde ficará à disposição do Poder Judiciária.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook