E as Tigresas miaram fino para o time candango. Mais uma goleada, agora em casa!!!

120

 

Lance de gol do Mixto. [Assessoria/CBF]

Se Futebol profissional de Cuiabá que nos últimos 30 anos está uma vergonha, com exceção ao Cuiabá Esporte Clube, imagine então o futebol feminino e o de base…

E o time feminino do Mixto Esporte Clube conseguiu ser de novo o pior time do Brasil no Campeonato Brasileiro Feminino da Série A2, a exemplo do ano de 2018, quando disputou essa mesma competição. Na sexta-feira, 18, à tarde, 16h30, no estádio Municipal Vereador Dito Souza, em Várzea Grande, o time alvi negro sofreu mais uma goleada nesse Brasileirão, outro 4 a 1 e com as Tigresas saindo na frente, a exemplo do que aconteceu no jogo contra as meninas do Atlético Mineiro, lá no estádio Independência, em Belo Horizonte. Para piorar, a goleada foi em casa e para o lanterna do Grupo E, o CRESSPON de Brasília.

I-S-S-O É U-M-A V-E-R-G-O-N-H-A!!! Se não tem condições, não dispute. Participar só para denegrir o nome do futebol do Estado a nível  nacional, é desnecessário. Eu acompanho o futebol  feminino de Cuiabá e Várzea Grande desde 2013 e sei que esse time que o Mixto armou não foi o melhor que poderia ter sido formado. A começar do treinador, que na minha modestíssima opinião não seria o mais indicado para dirigir o time nessa competição importantíssima, aliás, a mais importante do Brasil, tanto na categoria masculina, como na feminina. Há pessoas mais capacitadas e com mais experiência que poderia ter tornado essa campanha menos vergonhosa e até conseguido passar para a próxima fase. 

É claro como o sol do meio-dia, que a Federação Mato-grossense de Futebol não ajuda, apoia e não está nem ai para o fuetbol feminino de Mato Grosso. A entidade também tem culpa nessas campanhas vergonhosas que os times realizam em torneios nacionais. Se é um só representante, porque nessas ocasiões a Federação não senta com os presidentes dos times femininos de Cuiabá e propõe: Vamos ajudar uns aos outros. Vamos formar uma seleção com as melhores atletas de cada time que representarão o Estado com a camisa daquele que por direito tenha conquistado a vaga? Pelo menos evitaríamos essas campanhas medíocres e vergonhosas, que a após anos somos obrigados a passar!

Lances do jogos Mixto 1 X 4 CRESSPON, pelo Brasileirão Feminino 2021 no estádio Dito Souza [Assessoria/CBF]
Comentários Facebook