Deputado visita municípios afetados pelas chuvas na região oeste

47

Checando os estragos com o prefeito Eduardo Vilela e o vice-prefeito Mirim

Foto: ROSE DOMINGUES

As chuvas intensas nos últimos dias afetaram diversos municípios da região oeste de Mato Grosso, onde pontes ficaram submersas pela água e parte do asfalto desmoronou em diversos trechos das rodovias. Um exemplo é a MT-248, entre Araputanga e Jauru e em Figueirópolis D’Oeste, que deixou a população ilhada durante o feriado de carnaval. 

Diante da gravidade da situação, o deputado estadual Dr. Gimenez (PV) foi pessoalmente nesta semana conferir a gravidade dos problemas para pedir apoio emergencial ao governo do estado. “Nós já fizemos contato com a Defesa Civil e a Sinfra (Secretaria de Infraestrutura) que garantiram o envio de equipes para o local”. 

Na MT-248, de Araputanga a Jauru, há alguns trechos perigosos onde o asfalto cedeu e foi levado pela enxurrada, ainda existe risco de deslizamento. Mais a frente, em Figueirópolis D’Oeste, os estragos foram até maiores. Dr. Gimenez conseguiu gravar e fotografar as inundações que cobriram pontes e estradas de terra entre as propriedades e também o asfalto da rodovia. 

“A situação é muito grave, precisamos da liberação de recursos do governo federal imediatamente, por isso, já falamos com alguns deputados federais para sensibilizar para o problema e também conversei com o superintendente da Defesa Civil. Vamos continuar acompanhar a situação”, afirma o parlamentar.

Além de prejuízos à população local, que não tem conseguido se locomover em diversos locais, a situação poderá impactar a economia da região, tendo em vista que está impedindo o trânsito entre as propriedades rurais, sendo que algumas delas estão totalmente ilhadas por causa de pontes que foram destruídas pelas chuvas. Alguns trechos que ligam à MT 248 ficaram totalmente submersos pela água

Foto: ROSE DOMINGUES

Em Figueirópolis D’Oeste, o prefeito Eduardo Vilela, disse que não conseguirá reverter os problemas apenas com a estrutura do município e pede ajuda do Estado. “Estamos em estado de alerta e já não sabemos o que fazer caso a situação persista, se as chuvas continuarem, pedimos socorro”.
  Municípios aguardam apoio do governo do Estado para situação de emergência

Foto: ROSE DOMINGUES Algumas pontes entre Araputanga, Jauru e Figueirópolis D'Oeste desabaram e propriedades rurais ficaram isoladas

Foto: ROSE DOMINGUES

Fonte: ALMT
Comentários Facebook