COPA SÃO PAULO 2017 – SEMIFINAL

617
Torcida do Corinthians comemora vitoria e passagem para a decisão da Copinha. [Arquivo Pessoal]

A semifinal da edição 2017 da Copa São Paulo de Futebol Juniores transformou-se em um mini torneio paulista, já que os quatro classificados são de São Paulo: Batatais, Paulista, Corinthians e Juventus, são os semifinalistas

Os dois jogos da Semifinal da Copa São Paulo foram realizados neste domingo (22.01). Em Jundiaí, no estádio Jayme Cintra, às 10H00, o Paulista goleou o surpreendente Batatais por 5 a 1 e à noite, às 18H30, na Mooca, o Corinthians também goleou o Juventus, por 3 a 0.

O Paulista goleou o surpreendente Batatais por 5 a 1, no estádio Jayme Cintra, e se classificou para a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, que será realizada na próxima quarta-feira (25.01), no estádio do Pacaembu.

Jogando em casa, com o apoio da torcida, o Paulista tomou a iniciativa e abriu o placar logo aos 13 minutos, em uma bola parada. Após escanteio de Brayan, Maurilio subiu de cabeça e fez 1 a 0.

depois do gol, o Batatais, que fez sua melhor participação na história do torneio, passou a gostar do jogo. Mas logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Galo do Japi ampliou com Molter.

Antes da metade do segundo tempo, o Paulista fez mais dois gols, com Brayan e Molter, e praticamente assegurou a vitória. O Batatais ainda descontou aos 22 minutos de penalti com Douglas Pote, mas Matheus Sylvester, as 35 minutos, deu números finais ao placar do jogo: 5 a 1.

O Paulista com 100% de aproveitamento na competição, volta a ser finalista após vinte anos, quando derrotou o próprio Corinthians, adversário na próxima quarta-feria, nos penaltis e sagrou-se campeão.

O Corinthians vai tentar seu 10º título da Copa são Paulo de Futebol Junior. [Arquivo Pessoal]
O Corinthians vai tentar seu 10º título da Copa são Paulo de Futebol Júnior. [Reprodução: TV ESPN]

Com a melhor campanha da Copa São Paulo de 2017, o Corinthians pega o Paulista, também com 100% de aproveitamento na grande final, reeditando confronto de 20 anos atrás

No primeiro primeiro tempo o Corinthians foi bem melhor que o Juventus, teve mais posse de bola, obrigava o time da Rua Javari a ficar sempre atrás, mas inexplicavelmente, alguns jogadores demonstraram certo nervosismo ou até mesmo deslealdade em algumas jogadas. Como o centro avante Carlinhos que aos 24 minutos, quando seu companheiro se preparava pra cobrar uma falta, deu uma cotovelada no rosto do zagueiro Augusto que o marcava e não foi advertido nem verbalmente pelo árbitro da partida.

Também o jogador Vitor, do Corinthians, ainda no primeiro tempo, deu uma entrada muito forte em um jogador do Juventus e só foi advertido verbalmente, além de que pelo menos outros dois lances bem mais duros de jogadores do Corinthians sobre os adversários que jogavam exclusivamente na bola, em momento algum deram uma entrada mais dura.

Os corintianos só se acalmaram aos 34 minutos, quando Marquinhos chutou forte da entrada da área, o goleiro Vitor deu rebote e Carlinhos livre, só empurrou para dentro do gol.

No 2º tempo com várias modificações feitas no intervalo, o Juventus ensaiou uma reação, mas ficou só nisso. O Timão marcou o segundo gol com Marquinhos, em novo rebote do goleiro Vitor e Fabrício Oya, de fora da área, pegou bem um cruzamento, fez o terceiro do Timão e fechou a conta.

O Corinthians faz a final da Copa São Paulo contra o Paulista, que goleou o Batatais, no dia 25 de janeiro, aniversário da capital paulista, no estádio do Pacaembu.

Comentários Facebook