Conheçam a história do senhor Leôncio Pinheiro

113

Uma linda história de vida – Meu avô

O Senhor Leôncio Pinheiro (1906-1983) nasceu em Miguel Velho, às margens do rio Cuiabá município de Santo Antonio de Leverger, e ali viveu toda a sua infância e juventude junto a seus pais e irmãos.

Em 1929 casou-se com Escolástica Pinheiro da Silva vindo morar na comunidade “Vereda” onde constituiu família. Desta união tiveram nove filhos e adotaram vários outros de famílias que moravam e trabalhavam na lavoura de subsistência, no plantio da cana-de-açúcar para a produção de rapadura, feijão, arroz, milho, batata, mandioca, hortaliças e fumo. Criavam-se pequenos animais como: galinha, porco e também vacas para a produção de leite. Esta comunidade era muito alegre e divertida porque sempre acolheu com carinho a todos que lá chegavam.

A pesca era uma das atividades que contribuía no sustento da família. Era uma vida de muita fartura nesta comunidade, uma vez que, o rio Cuiabá era muito rico em várias espécies de peixes como: pacu, peraputanga, pintado, dourado e outros.

O senhor Leôncio era homem de personalidade forte, íntegra e determinada nas suas decisões. Ele juntamente com sua esposa sempre lutou por uma vida melhor para seus filhos e viam na educação a grande possibilidade de crescimento.

Dentre os filhos que saíram para estudar o primeiro deles foi o saudoso Jonas Pinheiro, considerado personalidade ilustre nacional e internacional que dentre os inúmeros cargos públicos exercidos destacam-se o de Presidente da EMATER, hoje EMPAER, Deputado Federal e Senador da República e, assim, outros filhos trilharam o caminho dos estudos. Hoje são todos formados e vivem com dignidade. “A boa educação vem de berço”.
O exemplo de vida deixado por eles permanecem até hoje na educação da família bem como o legado de amor e união entre seus descendentes que até hoje nos finais de semana se reúnem no sítio “Vereda” para perpetuar os costumes e tradições de acolhimento de todos aqueles que ali chegam, principalmente, os pescadores. 
“O povo é simples e quer coisas simples” quer felicidade e paz.
Leôncio Pinheiro da Silva Filho-Professor Doutor/UFMT
Professora Edil Pedroso da Silva – Mestre em História
Por: Leôncio P. da Silva Filho-Professor Doutor/UFMT Professora Edil P. da Silva – Mestre em História.

Cuiabá, 28 de fevereiro de 2012

Comentários Facebook