Completo, Santos não faz força para bater o Vasco em casa; veja análise

494
Time completo pela primeira vez desde a final do Paulista; Lucas Lima e Renato comandaram as ações (Foto: GloboEsporte.com)Time completo pela primeira vez desde a final do Paulista; Lucas Lima e Renato comandaram ações

O Santos não precisou se esforçar muito para encurralar o
Vasco nesta quarta-feira, na Vila Belmiro. A vitória teria sido mais tranquila
não fosse um pequeno cochilo no final, mas os 3 a 1 mantêm o Peixe em vantagem nas
oitavas de final da Copa do Brasil. Na volta, dia 21, em São Januário, pode
até perder por um gol ? ou por dois, desde que marque ao menos dois (4 a 2, 5 a 3…).

+ Veja como foi o jogo, lance a lance

Pela primeira vez desde a final do Campeonato Paulista, contra
o Audax, no dia 8 de maio, o Santos entrou em campo com time completo. Por
causa de lesões e convocações para a Seleção, os 11 titulares passaram quatro meses sem jogar juntos. 

 

+ Veja os cruzamentos da Copa do Brasil

O Santos nem foi assim tão avassalador como costuma ser na
Vila Belmiro. Jogou na boa, teve paciência, girou a bola e esperou o espaço se
abrir. Tanto que o primeiro gol só saiu aos 30 minutos de jogo, com Renato
completando de cabeça, sozinho, cruzamento de Lucas Lima. Veja:

 

Em uma noite ruim do volante Diguinho, do Vasco, os meias
santistas tinham muita liberdade. Renato iniciava as jogadas, Lucas Lima
distribuía, e os atacantes partiam em velocidade ao ataque. Aos 36,
Diguinho derrubou Thiago Maia e levou o amarelo. Ricardo Oliveira se apresentou
para bater e acertou a gaveta de Martín Silva. Assista ao lance:

 

No segundo tempo, o Vasco voltou com Pikachu no lugar de
William. Jorginho tentava fazer seu time ter mais a bola e agredir um pouco o
Santos. Chegou a acertar a trave com Andrezinho:

 

O Santos, porém, logo retomou o domínio da partida e marcou
o terceiro. Um golaço que resume bem o que foi o domínio do meio-campo santista
sobre os marcadores vascaínos. Renato deu um passe de calcanhar para Lucas Lima
bater colocado:

 

O terceiro gol fez o time tirar o pé. Com a vitória
assegurada, o Santos viu o Vasco crescer. Mesmo de maneira desordenada, o time carioca se mandou para o ataque e
diminuiu o seu prejuízo já aos 50 minutos, com Eder Luis (o segundo tempo foi
mais comprido porque o efeito do gás de pimenta utilizado pela PM para
dispersar uma briga nos arredores da Vila
, no intervalo, fez o árbitro Héber
Roberto Lopes interromper a partida). Veja o lance do gol:

 

Esse golzinho do Vasco deixa uma
pulga atrás da orelha santista. Vejam só: até os 50 minutos, o Peixe poderia perder o
jogo de volta por 2 a 0. Agora, se levar esse placar, é eliminado. Nada para pânico, porém. O Alvinegro segue com boa chance de ir às quartas, mesmo jogando em São Januário. É só o cochilo desta quarta não virar um sono mais pesado no dia 21.

Comentários Facebook