CCBB Rio convida crianças a viajarem pelo mundo por meio da animação

72


Um Giro pelo Mundo – Navegando no Cinema Infantil é o nome da mostra em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro (CCBB Rio), destinada às crianças e suas famílias. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados na bilheteria do CCBB ou no site Eventim, onde o público também encontra a programação. O projeto é patrocinado pelo Banco do Brasil e a classificação etária é livre.

Dos mais de 40 filmes de animação de onze países (Canadá, Alemanha, Suíça, Suécia, Brasil, França, Índia, Portugal, Gana, Congo, Benin), 98% são inéditos no Brasil e alguns estão sendo lançados no país neste momento, como o francês Calamity. Quase todos os filmes são dublados em português ou não têm diálogos, o que facilita o acesso do público infantil. As animações do Congo e Benin foram cedidas pela Cinemateca francesa. O curta suíço Me and my Monster ficará disponível no site do CCBB Rio, durante toda a mostra.

“O título da mostra traz muito o que a gente quer. O objetivo é levar as crianças a fazer esse giro, a viajar por diferentes culturas através do cinema e cada animação traz aspectos da cultura do país. É para o público – crianças e pais – conseguir fazer esse passeio, dentro da sala de cinema”, afirmou a curadora da mostra, Carina Bini.

“Essa é a riqueza da mostra. É também mostrar como somos diferentes, mas moramos todos no mesmo planeta. Então, vamos nos acolher, vamos compreender que a nossa diferença é a nossa grande riqueza.”

Atrações culturais

mostra de filmes de animação Um Giro pelo Mundo no CCBB RJ mostra de filmes de animação Um Giro pelo Mundo no CCBB RJ

mostra de filmes de animação Um Giro pelo Mundo no CCBB RJ – Divulgação Um Giro pelo Mundo

A mostra se estenderá até 26 de fevereiro, sempre de quinta a domingo, a partir das 15h. Além dos filmes, há uma programação cultural preparada para as crianças nos finais de semana, com brincadeiras dançadas, com canções folclóricas e ritmos brasileiros; contação de histórias; oficina de perna de pau; teatro de fantoches com música ao vivo.

Um mapa mundi colocado no saguão de entrada do centro cultural permite que as crianças tenham noção da imensidão do planeta. Jogos de memória são realizados no local com os países que integram a mostra. “É um espaço lúdico onde os meninos vão poder ficar entre uma sessão e outra ou depois das atividades, no contexto do planeta mesmo, dessa diversidade que somos”, acrescentou Carina Bini.

Na entrada do CCBB Rio será exigida apresentação de comprovante de vacinação contra a covid-19 e uso de máscara. As crianças receberão como brinde um tubo com álcool gel a 70% para higienizarem as mãos. As salas de cinema serão também higienizadas ao fim de cada sessão. 

Entre os destaques da programação estão filmes premiados como o indiano A pescadora e o Tuk Tuk (2017), de Suresh Eriyat, vencedor do Prêmio Nacional de Melhor Animação; o longa francês inédito Calamity (2020), de Remi Chayé; os três curtas da diretora portuguesa Joana Toste – A menina parada (2021), A gruta de Darwin (2017) e Ana – um palíndromo (2013); o canadense Sunday (2011), de Patrick Doyon, indicado ao Oscar de Melhor Curta de Animação; e duas produções brasileiras – O menino e o mundo (2013), de Alê Abreu, indicado ao Oscar de Melhor Filme de Animação, e Do outro lado (2020), de David Murad, Prêmio de Melhor Filme da Mostra Brasília do Festival de Cinema de Brasília.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook