Vanessa Vasconcelos Duarte, Supervisora de vendas, de 25 anos de idade, foi encontrada morta no sábado no km 41,5 da Rodovia Raposa Tavares, em Cotia, Grande São Paulo. A jovem Vanessa estava desaparecida desde que saiu da casa do noivo, em Barueri, também na Região Metropolitana, por volta das 8 horas de sábado, dia 12 de fevereiro.

A supervisora de vendas Vanessa iria encontrar três amigas para ir a um curso de maquiagem, mas não chegou ao local combinado para o encontro. Vanessa estava com o casamento marcado para o mês de novembro.

O carro que Vanessa usava quando saiu do apartamento do noivo foi encontrado abandonado em vargem Grande paulista, também na Grande São Paulo, pela Polícia Militar. O veículo foi deixado por um homem no local, conforme informou uma moradora da região.

O assassino tentou  provocar um incêndio no carro de Vanessa, com a provável intenção de consumir com provas do crime, mas com a chegado dos policiais Militares, o princípio de incêndio no banco do motorista foi controlado pelos próprios soldados da PM. No carro foi encontrada uma bolsa e havia também vistígios de sangue.

Tudo foi registrado na Delegacia Geral de Cotia. Agora resta a investigação do crime contra há vida de Vanessa Vasconcelos Duarte e que tudo seja apurado por parte da polícia, que vai investigar também as imagens gravadas pelas câmaras de vídeo da rodovia, informa o jornal O Estado de São Paulo.