Cândido de Almeida Lino, primeiro vereador por Cuiabá eleito pelo bairro Morro do Tambor/Dom Aquino

90

Eleito já passados 54 anos para a legislatura de 1967 – 1970, homem íntegro, honrado e querido por todo um bairro

CUIABÁ/MT – Cândido de Almeida Lino ou Seo Cândi, como era popularmente conhecido é um dos personagens de maior relevância do antigo bairro Morro do Tambor, cujo nome foi mudado em agosto de 1973 para Dom Aquino [Lei nº 1.315, que unificou os bairros Aldeia, Areal, Barcelos, Campo Velho, Morro do Tambor e Várzea Ana Poupino], foi um homem que destacou-se no dia a dia dos moradores não só dos bairros citados, como em toda a Capital do Estado e por isso, elegeu-se o primeiro vereador dessa parte da cidade [para a legislatura 1967 – 1970], que nessa época praticamente nem era considerada parte da cidade, já que ficava do lado de cá do córrego Prainha. Naqueles anos, considerava-se como Cuiabá, o Primeiro e o Segundo Distritos ou Centro Histórico e Porto. 

Senhor Candido de Almeida Lino e sua afilhada Suely Amorim [Foto: acervo pessoal de Suely Amorim].

Além de eleger-se vereador por Cuiabá, Seo Cândi, também foi atuante na área do futebol profissional. Foi o primeiro presidente do CAMPINAS ESPORTE CLUBE, time fundado no bairro Barcelos, onde teve sua primeira sede, que mais tarde mudou-se para o bairro Areal. Foi um dos fundadores, ainda na década de 1960, do século 20, juntamente com um dos mais famosos Pai de Santo Airton dos Santos, da mais antiga liga de futebol amador do Estado de Mato Grosso, a Liga Independente de Clubes de Bairros/L.I.C.B., atualmente ainda em atividade e que realiza o maior e melhor campeonato de futebol amador de Cuiabá, no mini estádio Benedito de Lima Sá Barreto {antigo Campo da Juventude].

Seo Cândi morou na sabida do Morro do Tambor, na Rua Vitorino Miranda esquina com a Rua Alíryo de Figueiredo e foi casado com a senhora Hermínia Gomes Lino, filha de Dimas Gomes Pedroso e Edwiges Pedroso da Silva. Ambos oriundos de pais exemplares, que constituíram uma família alicerçada nos princípios do amor, da moralidade, do bom exemplo, sendo respeitados e queridos por todos.

Da união matrimonial entre Hermínia Gomes Lino e Candido Almeida Lino, nasceram nove filhos, 57 (cinquenta e sete) netos, 66 (sessenta e seis) bisnetos e 12 tataranetos. Desses filhos, pelo menos três deles, Odário, Ademir e Jurandir ainda mora no mesmo endereço onde viveu seo Cândi. Infelizmente, duas das filhas de seo Cândi, faleceram recentemente vitimas de Covid 19.

Jurandyr e Ademir, filhos que ainda residem na mesma casa onde seo Cândi viveu a vida toda [Foto: acervo pessoal de Jurandyr].
Também importante, da mesma forma que seu esposo, vereador por Cuiabá, dona Hermínia mereceu homenagem da Câmara de Vereadores por Cuiabá, proposta pelo vereador Pastor Washington (PRB) e aprovada pela Casa, conforme publicação publicação abaixo:

Fonte: Câmara Municipal de Cuiabá – #acasadopovocuiabano (camaracba.mt.gov.br)

10/10/2011                                                                                                                                      Vereador homenageia família de Hermínia Gomes Lino com Moção de Pesar                  

Familiares da senhora Hermínia Gomes Lino (in memoriam) receberam, com alegria, das mãos do vereador Pastor Washington Barbosa (PRB), Moção de Pesar, em homenagem à história de vida da anciã, de família tradicional cuiabana, que tanto colaborou para o desenvolvimento de Cuiabá. A entrega da moção ocorreu na última quinta-feira (06/10) no Legislativo Municipal.

Para o vereador republicano, é de extrema importância traduzir, através de uma homenagem, a alegria em poder deixar registrada, na história da Câmara de Cuiabá, a carreira de uma personalidade que transmitiu, ao longo dos seus 94 anos, os predicados de fé, dignidade, humildade.

Com raízes no bairro Dom Aquino, um dos mais tradicionais da Capital, dona Hermínia Lino, em vida, demonstrou o seu comprometimento com as causas sociais, aos seus nove filhos, 59 netos, 66 bisnetos e outros 12 tataranetos.

A população precisa conhecer exemplos de vida, como a da senhora Hermínia Gomes Lino. Reconhecemos o seu importante papel perante esta terra, por isso expressamos neste momento de perda e dor o sentimento de solidariedade com a família, externando o sentimento para toda comunidade”, argumentou Washington Barbosa.

Ademir Reis de Almeida Lino, filho dela, ressaltou a importância da homenagem concedida pelo vereador à família. “Com grande honra recebemos esta Moção de Pesar, simbolizando toda a história de uma família tradicional. É muito significante, agradeço pelo reconhecimento”, observou um dos filhos de Hermínia Gomes Lino.

Moção de Pesar pelo falecimento de Hermínia Gomes Lino ocorrido em 26 de setembro de 2011

Hermínia Gomes Lino, filha de Dimas Gomes Pedroso e Edwiges Pedroso da Silva, foi casada com Candido Almeida Lino (ex-vereador por Cuiabá). Ambos oriundos de pais exemplares, que constituíram uma família alicerçada nos princípios do amor, da moralidade, do bom exemplo, sendo respeitados e queridos por todos.

Da união matrimonial entre Hermínia Gomes Lino e Candido Almeida Lino, nasceram nove filhos, 57 (cinquenta e sete) netos, 66 (sessenta e seis) bisnetos e 12 tataranetos.

Para Washington Barbosa, assim, como o espelho reflete nossa fisionomia, dona Hermínia, foi o reflexo da família, deixando-nos o modelo de vida a seguir e um exemplo a imitar. Mesmo diante da dor física, esta mulher guerreira, sorria transmitindo paz e serenidade, pois rezava o terço e orava a Deus.

Aos familiares, o nosso fraternal abraço com votos de pesar, desejamos que a paz e a felicidade, continue reinando no meio de todos, para que nossa querida Hermínia, descanse em paz”, disse Pastor Washington. Ele entende que sua partida deixou de luto a sociedade cuiabana e uma lacuna muito grande no seio da família e de seus amigos.

Adrielle Piovezan

Comentários Facebook