Brillinger afirma ter nomes mapeados ao cargo de técnico, mas pede calma

498
Wilfredo Brillinger Figueirese (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)Brillinger pede calma com definição do comando alvinegro (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)

O Figueirense ainda não tem definido se o auxiliar Tuca Guimarães segue no comando do time. Para o confronto contra o Santos, neste domingo, ele é quem estará à beira do gramado. Porém, o clube ainda não definiu se terá um novo treinador para a sequência da temporada. Depois da vitória sobre o Flamengo, na noite de quarta, por 4 a 2, o presidente Wilfredo Brillinger disse que o clube alvinegro tem nomes mapeados para a função de treinador, mas pediu calma para a decisão.

– Temos nomes mapeados. Mas vamos fazer isso com muita calma, e buscar o melhor para o Figueirense. A tendência é conversar. Falei muito com o grupo. Enfim, vamos ver. Tem que ouvir a opinião de todo mundo. A decisão é minha, pelo regime do clube. E vou tomar a decisão que entender melhor para o Figueirense – disse o mandatário, em entrevista à rádio CBN Diário. 

Questionado se Tuca poderia continuar treinando a equipe alvinegra, o presidente Brillinger disse que é uma possibilidade. Mas que vai depender de reunião com a comissão técnica. 

– Depois do jogo com o Cruzeiro, conversamos com o Tuca para comandar o time contra o Flamengo. Agora vamos nos reunir, conversar e fazer aquilo que é melhor – completou.

O clube que avança à próxima fase da Copa Sul-Americana será conhecido na próxima quarta-feira, 31 de agosto, às 21h45, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo. Porém, antes disso, o Figueirense tem um compromisso na Série A do Campeonato Brasileiro. A partida, diante do Santos, está marcada para a manhã de domingo, às 11h, na Vila Belmiro.

Confira mais notícias do esporte de catarinense no GloboEsporte.com/sc

Comentários Facebook