Atlético-PR completa seis horas sem gol e acumula a quarta derrota seguida

443

O Atlético-PR completou seis horas sem balançar as redes e chegou à quarta derrota seguida ao levar 1 a 0 do Grêmio na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. A última vitória e o último gol tinham sido nos 2 a 0 sobre o Corinthians, dia 3 de agosto, pelo Brasileirão. Desde então, os comandados de Paulo Autuori perderam para Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG – todas por 1 a 0.

Irritada, a torcida protestou nos minutos finais e após a partida. Xingou o presidente do Conselho Administrativo, Mario Celso Petraglia, chamou de fantoche o presidente Deliberativo, Luiz Sallim Emed, e vaiou. Além disso, torcedores retiraram as faixas que cobravam a torcida (“quanto + sócios, + time” e “seja verdade, 40k”). Por outro lado, gritaram o nome do atacante Walter, liberado para defender o Goiás na Série B e que assistia ao jogo de um camarote da Arena.

O jogo de volta será no dia 21 de setembro, uma quarta-feira, às 19h30
(horário de Brasília), na Arena do Grêmio. Com a derrota nesta quarta, o
Furacão terá que vencer. 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Vitória
por qualquer outro placar representaria a classificação. Empate ou
derrota significariam a eliminação. O próximo compromisso do Furacão
pelo Campeonato Brasileiro será contra o Botafogo, segunda-feira, às
20h, mais uma vez na Baixada.

Atlético-PR Grêmio Arena da Baixada (Foto: Fernando Freire)Rubro-negros protestam e retiram faixas que cobravam a torcida (Foto: Fernando Freire)

Confira mais notícias do esporte paranaense no globoesporte.com/parana

Comentários Facebook