APÓS CORTE NO PONTO: Governo de MT manda cortar empréstimo consignado para professores grevistas

158
ALEXANDRE APRÁ
ALEXANDRE APRÁJornalista, diretor do blog Isso É Notícia

O Governo de Mato Grosso determinou o corte de limite para empréstimo consignado dos servidores da Secretaria de Educação que tiveram o ponto cortado por decisão do governador Mauro Mendes (DEM).
A medida é vista como mais uma retaliação do Governo aos grevistas que já estão há quase 50 dias de braços cruzados em todo o Estado.

Professores que tiveram o ponto cortado denunciaram ao blog que tiveram a margem de empréstimo “zerada” no “Portal do Consignado”, operado pela Secretaria de Gestão de Mato Grosso.

Ao entrarem em contato com a Coordenadoria de Controle e Fiscalização das Consignações foram informados que a margem de empréstimo foi zerada para todos os servidores que tiveram o ponto cortado.

“Fomos informados que o corte aconteceu apenas para os servidores da Educação. Isso caracteriza claramente a perseguição aos professores e o esforço pessoal dele de humilhar e deixar os professores em situação de fome”, afirmou uma servidora ao blog.

Comentários Facebook