Alta Floresta e Lambari D’Oeste recebem novas ambulâncias

109

Foto: Ronaldo Mazza

Durante a pandemia do novo coranavírus os hospitais e unidades de atendimento do estado vêm enfrentando uma verdadeira batalha, batalha esta que se torna ainda maior para os municípios distantes da grande Cuiabá, como Alta Floresta e Lambari D'Oeste que estão localizadas a cerca de 800 e 320 quilômetros, respectivamente. Para reforçar a estrutura da saúde pública nessas cidades, o deputado Romoaldo Júnior (MDB) enviou, por meios de suas emendas parlamentares, duas ambulâncias novas que foram entregues neste mês de julho.

O deputado, que é da cidade de Alta Floresta e esteve na luta pela viabilização de recursos para o Hospital Regional Albert Sabin que inaugurou, no último mês de abril, dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, disse que o novo veículo é um fortalecimento às unidades.

A solicitação para a compra do carro chegou ao deputado por meio da indicação nº 5849/2019 feita pelo presidente da Câmara de Vereadores de Alta Floresta, Charles Miranda Medeiros (PR), que explicou que a ambulância é uma questão de urgência para o município, tendo em vista a distância até o centro de saúde do estado, que é Cuiabá, além do contingente populacional ser um dos maiores do estado, em torno de 52 mil habitantes.

“Atualmente, o hospital não dispõe de recursos para a aquisição dessa ambulância e a frota que está em uso e disponível para o transporte dos pacientes é insuficiente para atender a grande demanda. Agradecemos ao deputado Romoaldo por nos atender em mais esse pedido”.

Em Lambari D'Oeste, foi o prefeito Josivan Medeiros (conhecido por Dandam Medeiros) quem recebeu a chave do veículo. Para ele, a aquisição vai trazer mais qualidade nos atendimentos de saúde do município e dos distritos. “Nós já havíamos feito várias indicações solicitando essa ambulância, ficamos muito agradecidos pela atenção e empenho do nosso deputado Romoaldo”.

Emenda parlamentar – é um instrumento do Poder Legislativo que visa acrescentar, alterar ou suprimir recursos do orçamento estadual, com o intuito de melhorar a destinação das verbas públicas. As emendas são direcionadas de acordo com as necessidades e as obrigatoriedades da Constituição do Estado de Mato Grosso.

Comentários Facebook