ACUSADA DE ENTREGAR JOGO FICA FORA DA RIO-2016

613
Titular da copa do mundo, goleira vai para lista de suplentes após suspeitas na finais do brasileiro feminino vencido pelo Flamengo

A goleira Luciana Maria Dionízio, 28, acusada de entregar partidas quando atuava pelo Rio Preto, ficou fora da lista das dezoito jogadoras convocadas para a seleção de futebol nos jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

O Diretor Jurídico do Rio Preto, José Eduardo Rodrigues, pediu a CBF a investigação do que chamou de “comportamento estranho” dela nos dois jogos da finais contra o Flamengo. O time do Rio foi campeão nacional.

A denuncia foi repassada pela CBF ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). O jornal Folha de São Paulo tentou ouvir a jogadora desde sexta-feira (08.07), mas não obteve resposta.

Para a Rio-2016, Luciana aparece apenas na lista de suplentes. Ela foi titular na copa do mundo de 2015, no Canadá. Nos jogos, a goleira Barbara será a primeira opção. “Se ela [Luciana] está nessa lista é porque temos plena confiança no caráter dela. O fato de estar entre as suplentes é apenas pelo momento técnico”, disse o técnico Vadão.

Comentários Facebook