Ação conjunta prende sete membros de facção com drogas e armas de fogo em Alta Floresta

12

Assessoria | PJC-MT

Sete integrantes de facção criminosa foram presos em flagrante com grande quantidade de entorpecentes e também com armas de fogo em uma ação conjunta deflagada pela Polícia Civil e Polícia Militar, na segunda-feira (23.03), em Alta Floresta (803 km ao Norte de Cuiabá).

A prisão dos suspeitos e apreensão dos produtos ilícitos aconteceu em uma chácara próximo a estação de tratamento de esgoto da cidade, com base em investigações da Polícia Civil e verificação de denúncia recebidas pela inteligência da Polícia Militar.

O trabalho foi realizado pela equipe da Força Tática com apoio da Agência Regional de Inteligência 9º Comando Regional e Divisão de Repressão a Entorpecentes da Polícia Civil de Alta Floresta.

As diligências iniciaram na segunda-feira (23), quando as equipes receberam informações de que os traficantes estavam com grande quantidade de entorpecente na propriedade. Nas primeiras buscas na residência, os policiais encontraram duas bolsas que aparentavam ter sido utilizadas para transportar entorpecentes, porém na casa foi encontrada apenas uma porção de maconha.

Os policiais seguiram para a casa de outra integrante do grupo que confessou ter ido a Cuiabá para buscar a droga que seria comercializada em Alta Floresta. Em continuidade as diligências, nesta terça-feira (24), as equipes retornaram a chácara, ocasião em que foi realizada a prisão de mais um casal.

Em buscas no local, foi apreendida uma bolsa vários tabletes de maconha e de pasta base de cocaína, além de duas balanças de precisão. Questionados, os suspeitos revelaram que a droga seria entregue para um terceiro que posteriormente foi preso no bairro Industrial.

Durante os trabalhos, os policiais descobriram que um dos detidos estava envolvido com a venda de armas, sendo posteriormente identificado mais dois integrantes da facção criminosa, todos envolvidos com as atividades ilícitas. Em buscas na residência de um dos suspeitos, foi apreendida três armas de fogo e diversos cartuchos deflagrados.

Todos os sete detidos foram conduzidos a Delegacia de Alta Floresta, onde após serem interrogados pelo delegado Vinícius de Assis Nazário foram autuados em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

“Foi um trabalho articulado que uniu investigação e apuração de denúncias para identificar e prender integrantes desta facção criminosa que vem atuando com o tráfico de drogas e outros crimes no município”, disse o delegado.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook