A Associação de Moradores do Bairro Tancredo Neves, através de sua Diretoria, atualiza informações aos moradores

70

 

Nossa promessa de campanha: “O Bairro Tancredo Neves 100% pavimentado”

Dando continuidade à sua luta diária na busca incessante de melhoria na qualidade de vida dos moradores do bairro Tancredo Neves, membros da diretoria [Secretario Joacir e voluntário senhor Oreste de Souza Azambuja [comerciante e morador antigo], sob a liderança presidente Regina Ferraz, estiveram na tarde desta quarta-feira (29) na sede da Secretaria de Obras de Cuiabá e na oportunidade fomos recebidos, primeiramente pela senhora Tieko, Engenheira que atualmente ocupa o cargo de Diretora de Engenharia.

Nossa conversa com a Diretora Tieko, foi com relação enorme vala que formou nas margens do Córrego Gumitá, no começo da Avenida Tancredo Neves [onde foi construída a UPA – Morada do Ouro]. Sobre essa obra, Tieko esclareceu que “Quem está a par do projeto referente a essa obra é a Cíntia, mas a esta hora [17h20] já não mais quase ninguém aqui na secretária. Amanhã, tratarei com ela deste assunto. Posso garantir a vocês, que as aduelas para essa obra já foram compradas e pagas [o que também nos garantiu o Secretário de Obras José Roberto Sttopa], importando no valor de R$ 180 mil, medem dois metros e serão colocadas em dupla, para dar total vazão às águas das chuvas, para que não ocorram mais invasões a residências no entorno do córrego”.

Presidente Regina Ferraz, Senhor Oreste Azambuja, Secretário de Obras de Cuiabá Stoppa e Secretário da AMBTN, Joacir.[Foto: Clube News]

Após falarmos com a Diretora de Engenharia da Secretaria de Obras, Tieko, fomos recebidos pelo Secretário Stoppa. Logo que adentramos e nos acomodamos no Gabinete do secretário, ele fez ligações, com o celular no modo “viva voz” para que nós ouvíssemos de auxiliares seus como está o andamento da liberação do empréstimo de R$ 100 milhões por parte do DNDES. Todo brasileiro sabe que o Brasil é um dos países mais ou senão, o burocrático do mundo. São necessários uma infinidade de documentos a serem apresentados pela prefeitura ao BNDES e dois deles já havia encaminhados, um outro garantiu que hoje (30) estaria encaminhando sua parte de documentos para a instituição financeira. Stoppa disse que assim que o banco receber todas informações necessárias, os documentos serão entregues à cúpula do banco que dará a palavra final sobre a liberação ou não do dinheiro. Stoppa adiantou que aprovado pela cúpula do banco, esses documentos encaminhados para análises, haverá uma reunião virtual entre a prefeitura e diretores do BNDES e o contrato será assinado. Ele deu prazo de 60 dias para ocorrer esse trâmite todo e a Ordem de Serviço poder ser assinada.

O secretário além de confirmar as informações que a Engenheira Tieko havia nos repassado, ainda nos esclareceu sobre os trâmites a que estão submetidas obras da natureza dessa que deverá ser realizada no Córrego Gumitá. Stoppa, contou que a empresa Guache, desclassificada na licitação para esse serviço no córrego Gumitá, judicializou o processo e uma juíza do TJ/MT, pediu vistas, o que deverá levar em torno de 30 dias para que se saiba sobre o prosseguimento ou não desse processo licitatório. Se a juíza acatar o pedido da empresa Guache, o processo reinicia do 0, se acatar os argumentos dos advogados da Prefeitura, o processo segue em frente. Stoppa, também nos alertou para o seguinte:

Com o contrato de empréstimo assinado, a Prefeitura de Cuiabá irá pressionar a Águas Cuiabá para que ela realize os serviços de rede de esgoto no bairro, pois só com a rede de esgoto concluída, é que se iniciará as obras de pavimentação, pois existe um TAC assinado entre a Prefeitura, o Ministério Público Estadual e a empresa Águas Cuiabá determinando a universalização da água em Cuiabá até 2024, mas como nosso bairro está incluso na Concorrência 005/2019-PMC, mesmo que ele não esteja entre os dez prioritários da empresa, ela pode colocá-lo.

·         Ele aconselhou que a Diretoria da Associação de Moradores também pressione, diariamente, se for possível, a Águas Cuiabá a realizar esse serviço de rede de coleta de esgoto doméstico;

·         O secretário Stoppa foi categórico: A empresa Águas Cuiabá deve realizar os trabalhos de construção da rede de coleta de esgoto doméstico, para se iniciar o trabalho de pavimentação. SEM REDE DE ESGOTO, NÃO HAVERÁ ASFALTO!!!

Tenho acompanhado nas últimas horas pelo grupo Unidos Pelo Tancredo Neves, muitos moradores falando besteiras, instigando a coisas que em nada beneficiarão o bairro. Esta atual diretoria, tem atuado já há quase dois anos para melhorar e estamos, efetivamente, trazendo melhorias para o bairro Tancredo Neves. Nesta Diretoria, não tem picaretas, não tem ninguém correndo atrás de benefícios próprios com fizeram os últimos presidentes e, estranhamente, não vejo ninguém dar um pio sobre esse fato, aliás, essas pessoas em muitas ocasiões já foram elogiadas nesse grupo.

A Diretoria da Associação demoradores do Bairro Tancredo Neves, agradece a atenção e compreensão dos moradores. Estamos trabalhando e muito por este bairro.

Senhor Oreste Azambuja, Secretário Stoppa e presidente Regina Ferraz, ontem (29) na Secretaria de Obras de Cuiabá.

Senhor Oreste Azambuja, Secretário de Obras de Cuiabá Stoppa e Presidente Regina Ferraz. [Foto: Joacir]
Comentários Facebook